Como combater a ferrugem da jabuticaba

Doença pode causar a perda dos frutos e até a morte da planta

 

As jabuticabeiras podem ser tratadas com fungicidas naturais. Foto: Deviantart.

Nesta época do ano, as jabuticabeiras estão carregadas. A árvore é bonita, destaca-se pelas inúmeras bolinhas pretas no tronco e espalhadas pelo chão ao redor. Em um pomar ou no quintal das casas, ela chama a atenção. Já as frutas atraem pelo sabor adocicado e marcante. Mas, se existe uma coisa que pode acabar com toda essa beleza é a ferrugem.

A ferrugem é uma doença comum, provocada pelo fungo Puccinia psidii. Ela também pode contaminar outras plantas além da jabuticabeira. Nesta, ela compromete bastante a qualidade das frutas, espalhando-se pelas folhas, pelos botões e ramos, formando manchas escuras, cobertas com um pó amarelado. Acontece principalmente nessa época, por causa do clima frio e úmido.

Para combater a ferrugem, é possível fazer soluções caseiras, já que não existem fungicidas registrados e disponíveis no mercado para combater a doença. Uma das soluções é pulverizar um pouco de enxofre diluído em água durante o desenvolvimento dos frutos. A aplicação pode ser feita todos os dias, até que as manchas desapareçam.

Além disso, é possível fazer uma calda bordalesa. Coloca-se 100g de sulfato de cobre em um saquinho de pano, que é deixado de molho em cinco litros de água morna por 24 horas. Em seguida, é adicionado 100g de cal virgem e outros cinco litros de água morna. A solução pode ser aplicada com um pulverizador.

No entanto, antes de aplicar os fungicidas naturais, é melhor cuidar para que os fungos sequer apareçam. Portanto, realize podas periódicas, retirando os ramos em excesso e os que estejam com os primeiros sinais da doença. Não deixe faltar água mas, também, não permita que a planta fique encharcada. A jabuticabeira também precisa de muita luz e ventilação.

Por: Maria Clara Corsino.

 

Cursos Relacionados

Curso Produção de Mamão Curso Produção de Mamão

Com Prof. Especialistas do Frupex

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Banana Curso Produção de Banana

Com Prof. Especialistas do Frupex

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Limão Taiti Curso Produção de Limão Taiti

Com Prof. Dr. Dalmo Lopes de Siqueira

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Palmito de Açaí Curso Produção de Palmito de Açaí

Com Prof. Ismael de Souza e Prof.ª Maria das Graças

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas Curso Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas

Com Prof. Dr. Dalmo Lopes de Siqueira

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Produção de Mudas Frutíferas Curso Produção de Mudas Frutíferas

Com Prof. Dr. Dalmo Lopes de Siqueira

R$ 298,00 à vista ou em até 10x de R$ 29,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Lúcia Tereza de Moraes

23/08/2016

Acho que não seria ferrugem...pois a árvore fica repleta de florinda para se tornar frutinhas, mas, seca muito. Como se tivesse colocado fogo e por consequência tudo morre, e fica tudo no pé morto. POR FAVOR ME AJUDE...

Resposta do Portal Cursos CPT

29/08/2016

Olá Lúcia Tereza,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Recomendamos que procure um consultor agrícola para mais informações.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

valmir massafera

21/08/2016

Há muito tempo procuro uma solução para um dos pes de jabuticaba, e desconfiava que por estar perto de dois abacateiros, o excesso de sombra deixa umas manchas pretas nos galhos, já cheguei a lava-los com uma maquina de pressao, ficou lindo mas voltoum preciso resolver definitivamente, pois ela produz muito. Li a sua receita caseira para eliminar a ferrugem, mas sou leigo e preciso de mais informações, aplica-se a calda bordalesa primeiro, depois o cal, ou os dois juntos, preciso saber com detalhes. Aguardo você, obrigado Valmir Massafera.

Resposta do Portal Cursos CPT

29/08/2016

Olá Valmir,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.Pode-se pulverizar também com calda bordalesa, elaborada com 100 gramas de sulfato de cobre dentro de um saco de pano e colocado de molho em 5 litros de água morna. Após 24 horas, junte o material a uma solução de 100 gramas de cal virgem com 5 litros de água e misture bem. Em seguida, coe e despeje em um pulverizador para aplicar na planta. Outras medidas que podem ser adotadas são: realizar uma poda de limpeza, retirando os ramos em excesso, os doentes, os quebrados e os mal posicionados, a fim de arejar e aumentar a insolação interna da copa; não deixar faltar água nas plantas; e adubar as jabuticabeiras com esterco de curral curtido.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Rosangela marinho de Macedo

04/08/2016

Cultivo algumas frutas, e muito bom sua ajuda.

Resposta do Portal Cursos CPT

29/08/2016

Olá Rosângela,

Ficamos felizes que tenha gostado do nosso conteúdo.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Amauri Ribeiro

01/08/2016

Olá, bom dia. Quando aplicado a calda bordalesa os fruto que receberam o produto podem ser consumido.

Resposta do Portal Cursos CPT

29/08/2016

Olá Amauri,

Podem sim.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

VALÉRIA BASTOS

28/04/2016

OLÁ, TUDO BEM? MEU NOME É VALÉRIA, MORO EM BH, MINAS GERAIS.TENHO UM PÉ DE JABUTICABA EM MEU QUINTAL MAS ACHO QUE ELE ESTÁ MORRENDO. COMPREI DE UM PRODUTOR QUE ME INFORMOU QUE A MUDA JÁ TINHA 13 ANOS. COMO ISSO FOI HÁ 12/13 ANOS ATRÁS,ATUALMENTE ELE CONTA MAIS OU MENOS 25 ANOS. NO FINAL DO ANO PASSADO ELE PRODUZIU MUITO E DEPOIS AS FOLHAS CAÍRAM.SÓ QUE ELAS NÃO TORNARAM A NASCER.ELE ESTÁ BEM DESFOLHADO PARECENDO QUE ESTÁ SECANDO.E FICA PRODUZINDO SEM PARAR, MAS POUCOS FRUTOS E PEQUENOS, APENAS EM ALGUNS GALHOS.NOTEI ALGUMAS PUPAS BRANCAS NO TRONCO E PULVERIZEI COM FUMO, ELAS DESAPARECERAM MAS NÃO ADIANTOU NADA, ELE CONTINUA DO MESMO JEITO. PARECE QUE ESTÁ ESTRESSADO, SEM CONSEGUIR SEGUIR O RITMO NORMAL DA PLANTA.POR FAVOR, ME AJUDE A SALVAR MINHA JABUTICABEIRA.OBRIGADA.

Resposta do Portal Cursos CPT

29/08/2016

Olá Valéria,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Para mais informações sobre o que pode estar acometendo sua jabuticabeira recomendamos que entre em contato com técnico agrícola.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

FRANCISCO SEVERO FRITSCHE

27/04/2016

O meu pé de jaboticaba estava todo amarelo de tanta ferrugem, ai eu peguei na metalurgica, o pó de ferro original e misturei com terra e coloquei no tronco, acabaram a ferrugem as jabuticabas estão verdinhas coisa mais linda, porém algumas estão explodindo, será que isto é normal?.

Resposta do Portal Cursos CPT

29/08/2016

Olá Francisco,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. É normal que algumas jabuticabas explodam antes mesmo de serem retiradas do pé, pois são muito sensíveis. Este fato está acontecendo com todas as jabuticas, ou só em algumas?

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Dalva Moura Schmoeller

18/04/2016

Boa noite, tenho um pé de jabuticabeira, na produção passada, nem deu para chupar as frutas de tanto ferrugem. Vi neste site a calda bordalesa. Tenho dúvidas na preparação do sulfato de cobre, o que eu achei para comprar já vem liquido, não tem como deixar num pano de um dia para o outro, e diz no rótulo que não pode passar na floração. A pergunta é: posso fazer a calda bordalesa com o sulfato de cobre líquido? Quando devo passar o produto na jabuticabeira? Na floração? quando já estiver formando os frutos? Quando não tiver fruto nenhum? Aguardo contato, pois minha jabuticabeira está inteirinha branca de flores. Att Dalva Moura Schmoeller 41-9910-3946 Curitiba - Pr

Resposta do Portal Cursos CPT

29/08/2016

Olá Dalva,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. A formulação a seguir, é para o preparo de 10 litros; para obter outras medidas, é só manter as proporções entre os ingredientes.
 
a) Dissolução do sulfato de cobre
 
No dia anterior ou 4 horas antes do preparo da calda, dissolver o sulfato de cobre. Colocar 100 g de sulfato de cobre dentro de um pano de algodão, amarrar e mergulhar dentro de um vasilhame plástico com um litro de água morna.
 
b) Água e cal
 
Colocar 100 g de cal em um balde para capacidade para 10 litros. Em seguida adicionar 9 litros de água, aos poucos.
 
c) Mistura dos dois ingredientes
 
Adicionar, aos poucos, e mexendo sempre, o litro da solução de sulfato de cobre dentro do balde de água com cal.
 
d) Teste da faca
 
Para ver se a calda não ficou ácida, pode-se fazer um teste, mergulhando uma faca de aço comum bem limpa, por 3 minutos na calda. Se a lâmina da faca sujar, isto é, adquirir uma coloração marrom ao ser retirada da calda, indica que está ácida, devendo adicionar mais cal na mistura; se não sujar, a calda está pronta para uso.
 
Usos da calda bordalesa
 
A calda bordolesa é recomendada para o controle, entre outras doenças e parasitas, de míldio e alternaria da couve e do repolho, alternaria do chuchu, antracnose do feijoeiro, pinta preta e queima do tomate, murchadeira da batata, queima das folhas da cenoura, etc. Também é utilizada em frutíferas, como figueira, parreira, macieira etc.
 
Em mudas pequenas e em brotações novas, deve-se aplicar esta calda mais diluída, misturando-se 1 parte da calda bordalesa, para 1 parte de água.
 
Para mofos da cebola, do alho e mancha da folha da beterraba (cercosporiose), usa-se uma diluição de 3 partes de calda para 1 parte de água.
 
Convém lembrar que a calda bordalesa perde a eficácia com o passar do tempo, por isso deverá ser utilizada até, no máximo, 3 dias depois de pronta.
 
Evitar aplicar em épocas muito frias, sujeitas a ocorrência de geadas.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Agnes santos

29/02/2016

Olá muito obrigada pela explicação!!! Não aguentei esperar e apliquei o enxofre nesse fim de semana mesmo a árvore está toda florida e com alguns frutos, alguns com a ferrugem!!! Só terei tempo de aplicar novamente no fim de semana que vem estou esperançosa que vai dar certo. Depois comento aqui se tive bom resultado!! Muito obrigada Atenciosamente Agnes

Agnes santoa

27/02/2016

Boa tarde. Adorei a explicação sobre o ferrugem. Já comprei o enxofre e estou com uma dúvida minha jabuticabeira está florida e com alguns frutos posso aplicar o enxofre sobre as flores ou vai matá-las? Outra pessoa já perguntou isso e a resposta foi a matéria lida acima. Mas na matéria não explica. Será que vai matar as flores?

Resposta do Portal Cursos CPT

29/08/2016

Olá Agnes,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Não existem fungicidas registrados para o combate da doença, mas indica-se a aplicação de enxofre em pó molhável, que controla a ferrugem e é pouco tóxico, durante o desenvolvimento dos frutos. Pode-se pulverizar também com calda bordalesa, elaborada com 100 gramas de sulfato de cobre dentro de um saco de pano e colocado de molho em 5 litros de água morna. Após 24 horas, junte o material a uma solução de 100 gramas de cal virgem com 5 litros de água e misture bem. Em seguida, coe e despeje em um pulverizador para aplicar na planta. Outras medidas que podem ser adotadas são: realizar uma poda de limpeza, retirando os ramos em excesso, os doentes, os quebrados e os mal posicionados, a fim de arejar e aumentar a insolação interna da copa; não deixar faltar água nas plantas; e adubar as jabuticabeiras com esterco de curral curtido.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

leoni ferreira

16/01/2016

ME CHAMO LEONI FERREIRA. MORO EM FOZ DO IGUAÇU PR. TENHO EM MEU QUINTAL UM PÉ DE JABUTICABA QUE FOI TOMADO PELA FERRUGEM E EU GOSTARIA DE SABER SE AINDA POSSO SALVO-LA. TENHO UM OUTRO QUE NASCEU DA SEMENTE E JÁ ESTÁ COM UM METRO DE ALTURA E É SAUDÁVEL. QUERO SABER SE ESTE TAMBÉM CORRE RISCO DE FERRUGEM. GRATA PELO ATENDIMENTO E FINALIZO ENVIANDO MEUS VOTOS DE UM ANO NOVO PRÓSPERO.

Resposta do Portal Cursos CPT

29/08/2016

Olá, Leoni!

Agradecemos pela visita e comentário em nosso site.

A ferrugem, doença provocada pelo fungo Puccinia psidii, ataca as jabuticabeiras (folhas, botões, frutos e ramos), formando manchas necróticas circulares com a presença de um pó amarelo vivo. Ocorre principalmente em períodos de baixas temperaturas e alta umidade do ar.

O que fazer?

Indica-se a aplicação de enxofre em pó molhável durante o desenvolvimento dos frutos. Pode-se, também, pulverizar com calda bordalesa. Também é indicado realizar uma poda de limpeza, retirando os ramos em excesso, os doentes, os quebrados e os mal posicionados, a fim de arejar e aumentar a insolação interna da copa. Não deixar faltar água nas plantas e adubar as jabuticabeiras com esterco de curral curtido.

Como fazer?

Calda bordalesa: coloque 100 gramas de sulfato de cobre dentro de um saco de pano e deixe de molho em 5 litros de água morna. Após 24 horas, junte o material a uma solução de 100 gramas de cal virgem com 5 litros de água e misture bem. Em seguida, coe e despeje em um pulverizador para aplicar na planta.

Atenciosamente,

Silvana Teixeira.

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Atendimento Online
Quer Facilidade