Atendimento Online

    Invista seu 13º Salário em Qualificação Profissional
    / / Como construir uma estufa para hortaliças orgânicas
    Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

    Como construir uma estufa para hortaliças orgânicas

    O critério final para a escolha do melhor modelo de estufa será a disponibilidade de capital inicial para investimento

    Gostou? Envie a um amigo
    Tamanho da letra Diminuir Aumentar

    Os fatores mais importantes relacionados às dimensões da estufa são  eficiência no controle de temperatura e resistência.

    Existem muitos modelos de estufas atualmente em uso, mas os mais comuns e recomendados para a horticultura orgânica são os de arco, de capela e geminada. O modelo em arco, como o nome sugere, é composto por arcos, de diâmetro e altura variáveis, geralmente fixados em um suporte, que poderá ser de diferentes materiais, como troncos de eucalipto, madeira aparelhada, vigas de metal ou postes de concreto.

    O modelo capela é constituído por um telhado em duas águas. Esse modelo pode ser totalmente em metal, madeira aparelhada ou eucalipto. Os geminados são recomendados para terrenos inclinados (até 15% de declividade), com módulos em arco ou capela.

    De acordo com o professor Luiz Geraldo Santos, no curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “tanto a estufa em arco quanto em capela oferecem boas condições de manejo. As maiores diferenças entre as duas estão relacionadas ao custo e à durabilidade do filme de cobertura. O modelo capela, em madeira, é mais barato, mas a vida útil do plástico é reduzida. O modelo em arco é mais caro, mas aumenta a vida do filme plástico da cobertura”. Portanto, o critério final será a disponibilidade de capital inicial para investimento.

    Os fatores mais importantes relacionados às dimensões da estufa que se deseja construir são  eficiência no controle de temperatura e resistência/durabilidade. Estufas muito grandes são difíceis de manejar, porque tornam difícil o controle de temperatura. O comprimento é fator limitante se a estrutura for em arco ou capela simples, porque o ar quente irá circular no sentido longitudinal da estrutura, portanto, comprimentos superiores a 50 metros exigirão ventilação forçada.

    Por: Ariádine Morgan


    AVISO LEGAL

    Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que contenha um link remetendo para o site www.cpt.com.br.

    Deixe seu comentário

    Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

    O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

    Comentários

    Johnny Hymowski
    29-08-2014

    Olá Boa Tarde...

    Tenho uma propriedade na Lapa - PR, e gostaria de produzir orgânicos na mesma, com estufas, porém, não sei como começar, materiais, custo, construção... irrigação...

    Sou leigo neste assunto
    Será que tem algum contato aqui perto?

    Como vocês poderiam me ajudar?

    Gostaria muito de um auxílio...

    Att

    Resposta do Portal Cursos CPT
    02-09-2014

    Olá, Johnny!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    É muito importante antes de construir a estufa atentar-se para a escolha do local onde esta será implantada. Antes de construí-la deve ser coletado informações sobre a temperatura reinante (máxima e mínima), o período de maior chuva, predominância dos ventos, culturas adjacentes e permanência de uma mesma cultura no local escolhido. A partir desses dados, você poderá analisar se a variedade escolhida para o plantio realmente se enquadrará nas características do local evitando surpresas desagradáveis.

    Em relação ao material para construção da estufa, ela pode ser feita com metal, madeira, concreto e outros desde que sejam resistentes.

    O custo de construção da estufa vai variar de acordo com a estrutura escolhida. Existem no modelos pré-fabricados, vendidos em metro quadrado e também modelos de madeira, bambu e concreto.

    É interessante para iniciantes, construir módulos simples com 6 m de largura por 30 a 50 m de comprimento, ou seja, de 180 a 300 m².

    Para mais informações recomendamos que conheça o Curso CPT Cultivo Orgânicos de Hortaliças em Estufa.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    samr batista da silva
    20-01-2014

    Oi, moro próximo a represa biling gostaria de saber mais sobre horta em estufa. Qual a tamanho ideal para produção para vendas em sacolões e mercados ..

    Resposta do Portal Cursos CPT
    24-01-2014

    Olá, Samir!

    Agadecemos sua visita e comentário em nosso site.

    A infraestrutura e os investimentos necessários para iniciar um projeto em horticultura protegida dependerão de análise criteriosa de fatores como, clima, solo, topografia, água e competidores, e, também, de outros fatores de igual importância, como infraestrutura disponível (máquina e implementos, veículos para distribuição, energia elétrica, tanques e ou represas para irrigação, casas e barracões, estradas e cercas, entre outros), além do capital disponíveis para custeio e investimento.

    Calcular bem as dimensões da estufa em que se pretende investir é extremamente importante para o negócio, pois o seu tamanho afeta diretamente no controle da temperatura e a resistência e durabilidade da estrutura. Quanto maior for a estrutura mais difícil será controlar a temeperatura em seu interior.

    Dimensões indicadas para os modelos do tipo arco ou capela segue:

    - comprimento máximo: 50 m. Neste o ar quente circula no sentido longitudinal da estrutura, já com comprimentos maiores de 50 m exigirá vetilação forçada - ventiladores;

    - largura: máxima de 08 m;

    - altura do pé direito: não pode ser inferior a 2,5 m;

    - altura mínima da cumeira: 04 m - não pe indicado que seja mais alta que isso, pois assim oferecerá mais resistência ao vento.

    O fator de mão de obra também é decisivo, uma vez que o cultivo protegido exige capacidade de aprendizado e facilidade de assimilação de novas tecnologias. Portanto não basta que haja pessoas disponíveis para trabalhar, mas que tais pessoas sejam capazes de aprender e exercer atividades complesxas. Pois o cultivo protegido de hortaliças exige um dos mais altos níveis de capacitação em agricultura.

    Qualquer dúvida estamos a disposição.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

     

    Edval Gonçalves Fontes
    20-11-2013

    Sim gostaria de entender melhor sobre o cultivo. Também o valor da estufa é interessante como uma nova área de trabalho

    Resposta do Portal Cursos CPT
    22-11-2013

    Olá, Edval!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    As estufas utilizadas para cultivo de hortaliças, permitem proteger o ambiente de produção das intempéries do clima, como geadas, ventos fortes, chuvas intensas e granizos, possibilitando benefícios, como aumentar o potencial de produção, resultando em aumento de produtividade. Facilita o controle de pragas e doenças, a padronização da produção, a melhoria da qualidade do produto obtido, permitindo colheita fora de época e com maior produtividade.

    Em sistemas mais complexos, permite o verdadeiro controle de clima, por meio de equipamentos sifisticados, possibilitando manter a temperatura e a umidade do ambiente dentro da faixa ótima exigida pela planta.

    O túnel é uma estufa de estrutura em arco simples, que pode ser feita de bambu, arame, ferro ou madeira, coberta com um filme plástico. Os túneis são mais recomendados, no verão, para canteiros, principalmente para alface, chicória e outras folhosas, mas também podem ser utilizados, no inverno, para tomate, abobrinha, pepino e vagem rasteiros.

    O cai?ital necessário para construção das estufas é o menos importante. São mais importantes o capital necessário para completar a infra-estrutura básica de produção de giro, formado pelo capital de custeio e comercialização, que permite a sobrevivência do empreendimento até se pleno funcionamento.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Adir Mendonça de Araujo
    03-10-2013

    Existe algum manual ou instrução para construção de uma estufa...Pois estou querendo construir uma de 1000m2....

    Resposta do Portal Cursos CPT
    04-10-2013

    Olá, Adir!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    O CPT possui o curso Hidroponia - O Cutivo sem Solo, que aborda sobre os tipos e como construir a estufa.

    Para mais informações nossas consultoras entrarão em contato.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    rogerio nascimento franca
    03-08-2013

    Quero fazer uma estufa dessas mas não estamos em condições para construir precisamos de recurso. Comunidade terapêutica Prolov, quem estiver interessado em ajudar entre em contato por favor

    Resposta do Portal Cursos CPT
    05-08-2013

    Olá, Rogério!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    Valdir Inácio Birck
    21-07-2013

    Gostaria de receber mais informações pois pretendo construir uma estufa para consumo da casa, pois moro no litoral há 200 metros do mar, já tenho uma bela horta e pretendo melhorar a eficiência construindo uma estufa, pois o vento por aqui é muito prejudicial a cultura de hortaliças pois o inverno é muito no sul do Brasil.
    Abraço

    Resposta do Portal Cursos CPT
    22-07-2013

    Olá, Valdir!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Os fatores mais importantes relacionados às dimensões da estufa que se deseja construir são eficiência no controle de temperatura e rsistência/durabilidade. Estufas muito grandes são difícies de manejar, porque tornam difícil o controle de temeperatura.

    O comprimento das estufas é fator limitante, se a estrutura for em arco ou capela simples, porque o ar quente irá circular no sentido longitudinal da estrutura, portanto, comprimentos superiores a 50 m exigirão ventilação forçada (ventiladores nas extremidades).

    A largura para modelos em arco ou capela simples deve ser no máximo de 8 m, para não encarecer a estrutura. Em terrenos inclinados, pode-se optar por larguras de até 15 m, desde que moduladas. Larguras maiores terão o mesmo problema de ventilação, exigindo ventiladores.

    Estufas de grande dimensões tornam-se viáveis, tecnicamente, apenas com sistemas de aquecimento e refrigeração artificiais, aumentando expressivamente o custo da construção, mas, por outro lado, permitirão um sistema de manejo que objetiva máximo rendimentos.

    Para inciantes, recomendamos módulos simples com 6 m de largura por 30 a 50 m de comprimento, ou seja, de 180 a 300 m².

    Para mais informações o CPT - Centro de Produções Técnicas possui o curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos.

    JESUS EMIR RODRIGUES PEGORARO
    17-06-2013

    GOSTARIA DE RECEBER INFORMAÇÕES POR E-MAIL DO CURSO DE HIDROPONIA

    Resposta do Portal Cursos CPT
    17-06-2013

    Olá, Jesus!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Para mais informações sobre os cursos da área hidroponia nossas consultoras entrarão em contato.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    JOAQUIM FRANÇA
    24-05-2013

    Boa tarde.

    Tenho uma chácara em Jaru Rondônia, pretendo construir uma estufa para cultivo de hortaliças de 10x50 seguindo as orientações técnicas.

    -Essa medida é aconselhável, ou qual a mais próxima recomendável?
    -É possível relacionar o material que irei gastar? e quanto devo gastar ?

    Caso tenha essa informação, desde já agradeço

    Resposta do Portal Cursos CPT
    27-05-2013

    Olá, Joaquim!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Os fatores mais importantes relacionados às dimensões da estufa que se deseja construir são eficiência no controle de temperatura e resistência/durabilidade. Estufas muito grandes são difícies de manejar, porque tornam difícil o controle de temperatura.

    O comprimento das estufas é fator limitante, se a estrutura for em arco ou capela simples, porque o ar quente irá circular no sentido longitudinal da estrutura, portanto, comprimentos superiores a 50 m exigirão ventilação forçada (ventiladores nas extremidades).

    A largura para modelos em arco ou capela simples deve ser no máximo de 8 m, para não encarecer a estrutura. Em terrenos inclinados, pode-se optar por larguras de até 15 m, desde que moduladas. Larguras maiores terão o mesmo problema de ventilação, exigindo ventiladores.

    Estufas de grande dimensões tornam-se viávies, tecnicamente, apenas com sistemas de aquecimento e refrigeração artificiais, aumentando expressivamente o custo da construção, mas, por outro lado, permitirão um sistema de manejo que objetiva máximo rendimentos.

    Para iniciantes, recomendamos módulos simples com 6 m de largura por 30 a 50 m de comprimento, ou seja, de 180 a 300 m².

    Para mais informações o CPT - Centro de Produções Técnicas, possui o curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    MIGUEL LIMA DE ARAUJO
    21-03-2013

    Boa noite

    Tenho um espaço livre no meu quintal de 6 X 3,5 (metros). É apena para um hobby, onde eu gostaria de cultivar hortaliça. Qual os materiais mais práticos e baratos para construir uma estufa? Tem como enviar resposta por e-mail? Moro em Rio Verde - GO, onde praticamente, tem sol o ano inteiro. Temperatura em torno de 25º a 33º

    Resposta do Portal Cursos CPT
    22-03-2013

    Olá, Miguel!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    A estufa em arco é um dos modelos mais evoluídos das estruturas em madeira. O desenho em forma de arco de sua cobertura faz com que haja um incremento na resistência aos ventos e a outras intenpéries.

    A estrutura circular da sua cobertura facilita o manuseio dos plásticos antigotejo e dos filmes para controle de luminosidade. Além disso, a troca por eventuais danos é extremamente mais simples, além de permitir uma fixação eficiente desses filmes plásticos.

    Os materiais utilziados para construção de uma estufa em arco são:

    * esteios centrais de 20 cm x 4,20 m;

    * esteios laterais de 20 cm x 2,70 m;

    * esteios frontais de 20 cm x 3,60 m;

    * calibros de 15 cm x 3,60 m;

    * vigas lineares de 15 cm;

    * arames lineares ovalado de aço nº14;

    * ripa lineares 1 x 1 polegada;

    * ripas de 1/2 polegada;

    * mãos-francesas de 15 cm x 3,0 m;

    * mãos-francesas de 15 cm x 1,0 m;

    * bobina filme A-UV - 2,20 m x 100 m x 0,10 mm;

    * bobina filme A-UV - 3,50 m x 200 m x 0,10 mm;

    * pregos (bitolas compatíveis com a madeira);

    * grampos para fixar o arame nº14;

    * varas de bambu de 2,0 m de comprimento;

    * dobradiças para os portões.

    Devemos lembrar que antes de iniciar a contrução da sua estufa, certifique-se de que todos os materiais foram adquiridos com exatidão para haver o mínimo de interrupções no processo. Certifique-se de que as condições climáticas são favoráveis, evitando dias com incidência de ventos fortes ou sol intenso.

    Atencisoamente,

    Ana Carolina dos Santos

     

     

    Bernardo Luiz
    21-02-2013

    A estufa pode ser coberta com sombrite? Ao invés do teto ser tipo arco posso fazer reto em forma de v invertido com comeeira?

    Resposta do Portal Cursos CPT
    28-02-2013

    Olá, Bernardo!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    A estufa pode ser construída com sombrite e também como formato em v invertido.

    Antes de começar a construir a estufa recomendamos que procure um especialista em sua cidade ou região para mais informações.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    ROBERTO DE SOUZA
    21-09-2012

    Olá, estou buscando informações de como montar uma estufa para plantio de hortaliças que possa ser múltipla. Gostaria de saber o tamanho ideal, o valor da estrutura x custo, vida útil da estufa, capacidade de produção.

    Resposta do Portal Cursos CPT
    12-11-2012

    Olá Roberto,

    Agradecemos pela sua visita e comentário em nosso site.

    Temos alguns artigos que podem lhe orientar em sua dúvida.

    Basta clicar no link e será redirecionado ao conteúdo.

    Como construir uma estufa para hortaliças orgânicas

    Em caso de maiores dúvidas entre em contato conosco.

    Atenciosamente,

     

    Natália Mayrink De Lazzari

    Cursos Relacionados

    Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa

    Curso Cultivo Orgânico de Hortaliças em Estufa

    R$ 278,00 à vista ou em até 10x de R$ 27,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5308

    Saiba Mais

    Curso Hidroponia  -  O Cultivo sem Solo

    Curso Hidroponia - O Cultivo sem Solo

    R$ 285,00 à vista ou em até 10x de R$ 28,50
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5460

    Saiba Mais

    Curso Cultivo de Tomate em Estufa

    Curso Cultivo de Tomate em Estufa

    R$ 268,00 à vista ou em até 10x de R$ 26,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5116

    Saiba Mais

    Curso Cultivo de Pepino em Estufa

    Curso Cultivo de Pepino em Estufa

    R$ 268,00 à vista ou em até 10x de R$ 26,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5154

    Saiba Mais




    Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento




    O CPT liga para você!





    Exemplo: 31 38997000