/ / Estudo pretende aumentar a biossegurança do queijo minas frescal
    Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

    Estudo pretende aumentar a biossegurança do queijo minas frescal

    O objetivo é evitar a contaminação do queijo sem alterar as propriedades dele

    Gostou? Envie a um amigo
    Tamanho da letra Diminuir Aumentar

     

     O bioingrediente ajuda na conservação do queijo minas frescal.

    A indústria alimentícia tem procurado atender às mais diferentes exigências do mercado em relação à segurança alimentar e à qualidade dos alimentos. O objetivo é manter os procedimentos de preparação cada vez mais naturais e seguros do ponto de vista biológico e químico. Este é o interesse da pesquisa realizada na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq/USP).

    Na pesquisa, foi desenvolvido um bioingrediente capaz de inibir a ação de bactérias responsáveis pela acidificação do queijo minas frescal. Assim, seria possível manter as qualidades físicas, químicas e organolépticas do queijo feito em processos artesanais. A pesquisadora Andressa Prado Vieira explica que as bactérias são muito resistentes a condições adversas, como mudanças de temperatura e iluminação. Elas podem causar várias doenças, entre elas gastroenterite, meningite e septicemia, causando alto índice de mortalidade, o que chamou a atenção dos estudiosos.

    Andrezza ainda explica que os queijos minas frescal são ótimos substratos para bactérias patogênicas por não possuírem aditivos, terem baixos teores de sais e serem submetidos a tratamentos térmicos mais brandos. Isto compromete a conservação do produto. Deste modo, o bioingrediente seria uma forma barata e simples de aumentar a vida útil do queijo e garantir condições primárias de segurança alimentar.

    O trabalho foi realizado com o apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e executado no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Laticínios (Tecnolat) do  Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), em Campinas. O bioingrediente também se mostrou muito eficiente para a aplicação em leite in natura.

    Por: Maria Clara Corsino.


    AVISO LEGAL

    Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que o CPT – Centro de Produções Técnicas seja citado como fonte, remetendo para o site da instituição: www.cpt.com.br.

    Cursos Relacionados

    Curso Higienização na Indústria de Alimentos

    Curso Higienização na Indústria de Alimentos

    R$ 268,00 à vista ou em até 10x de R$ 26,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5176

    Saiba Mais

    Curso Instalação de Queijaria e Controle de Qualidade

    Curso Instalação de Queijaria e Controle de Qualidade

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5545

    Saiba Mais

    Curso Produção de Queijos Minas Frescal, Mussarela, Gouda

    Curso Produção de Queijos Minas Frescal, Mussarela, Gouda

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5540

    Saiba Mais

    Curso Treinamento de Manipuladores de Alimentos

    Curso Treinamento de Manipuladores de Alimentos

    R$ 258,00 à vista ou em até 10x de R$ 25,80
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5499

    Saiba Mais



    Deixe seu comentário

    Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

    O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.


    Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento




    O CPT liga para você!





    Exemplo: 31 38997000