Como as plantas obtêm os nutrientes necessários para sobreviver?

As plantas obtêm os nutrientes que necessitam para sua sobrevivência através da absorção pelas raízes dos elementos existentes na solução do solo

Como as plantas obtêm os nutrientes necessários para sobreviverem?   Dicas Cursos CPT

As plantas obtêm os nutrientes que necessitam através da absorção pelas raízes dos elementos existentes na solução do solo. E são três os processos de absorção: interceptação radicular, fluxo de massa e difusão. Antes de qualquer coisa, esta absorção dependerá da existência ou de sua disponibilidade na solução do solo.

Segundo Eurípedes Malavolta, professor do Curso a Distância CPT Análise de Solo e Recomendação de Calagem e Adubação, em Livro+DVD e Curso Online, “O teor disponível de um nutriente em uma determinada condição depende, além das formas químicas que se encontram no solo, da capacidade de absorção da cultura, do desenvolvimento do sistema radicular, do tempo de crescimento e, ainda, de condições climáticas e da disponibilidade dos outros nutrientes”.

Aquela parte do nutriente que se encontra na solução do solo pode ser considerada como disponível, juntamente com uma outra parte que se encontra na fase sólida, mas em condições de transferência para a fase líquida. O termo “fator intensidade” tem sido utilizado para determinar os nutrientes em solução que estão prontamente disponíveis, o termo “fator quantidade”, para os elementos existentes na fase sólida em forma disponível.

Os nutrientes que ocorrem em solos como cátions trocáveis, como é o caso de cálcio, potássio e magnésio, apresentam um equilíbrio entre os teores em solução e os teores trocáveis adsorvidos na fase sólida, representando o fator quantidade, o que facilita o nosso compreendimento. No caso do potássio, por exemplo, existe a dificuldade em solos nos quais formas não-trocáveis podem tornar-se disponíveis; no do fósforo, existe um equilíbrio entre o elemento na fase sólida e o fósforo em solução, no entanto, há muita dificuldade em determinar o que seria realmente o fósforo disponível. No caso do nitrogênio e do enxofre, os teores em solução podem ser considerados o fator intensidade. A dificuldade se encontra no limite de profundidade da amostra de solo, já que os ânios nitrato e sulfato movimentam-se no perfil e podem ser absorvidos pelas plantas desde a superfície até as camadas mais profundas.

A parte dos nutrientes em forma orgânica que pode ser mineralizada é sempre uma incógnita, além de não estar em equilíbrio com as formas minerais.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em livros+DVDs e Cursos Online, da área Agricultura.
Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Análise de Solo e Recomendação de Calagem e Adubação Curso Análise de Solo e Recomendação de Calagem e Adubação

Com Prof. Eurípedes Malavolta, Prof. Dr. Godofredo César Vitti, Prof. Dr. Heitor Cantarella e outros

R$ 398,00 à vista ou em até 10x de R$ 39,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo de Seringueira para Produção de Borracha Natural Curso Cultivo de Seringueira para Produção de Borracha Natural

Com Prof. Dr. Adonias de Castro

R$ 398,00 à vista ou em até 10x de R$ 39,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Cultivo e Uso  do Nim Curso Cultivo e Uso do Nim

Com Prof. Dr. Edmilson Jose Ambrosano e Prof. Dr. Nivaldo Guirado

R$ 398,00 à vista ou em até 10x de R$ 39,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Dicas Cursos CPT

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade