Atendimento Online

    Nós apoiamos a Campanha Internacional de Combate ao Câncer de Mama
    / / Cuidados específicos para criação de tilápias
    Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

    Cuidados específicos para criação de tilápias

    Tilápia possui carne de excelente paladar, não possui espinhas intramusculares e a obtenção do seu filé é muito simples

    Gostou? Envie a um amigo
    Tamanho da letra Diminuir Aumentar

     

     A tilápia do nilo é a espécie mais cultivada no Brasil.

     

    Dentre as diversas espécies de peixes criadas no país, a tilápia destaca-se devido ao conjunto de técnicas adotadas na sua produção. Essas permitem que o piscicultor tenha elevada produtividade, quando comparada com outras espécies.

    Por ser um animal tropical, a temperatura ideal para a criação deve estar entre 26 e 30ºC. Sendo assim,  a tilápia poderá ser cultivada em quase todo  território brasileiro. No entanto, é esperado um desenvolvimento mais lento dos peixes cultivados em locais onde haverá maiores ocorrências de  temperatura da água fora da faixa ideal.

    Segundo o professor e pesquisador Dr. Manuel Vazquez Vidal Junior, no curso Criação de Tilápia, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “a avaliação da temperatura da água é uma tarefa importante e simples de ser executada. Um termômetro é utilizado para fazer medições em uma represa localizada nas proximidades do local onde se pretende instalar a piscicultura. A temperatura da água deverá ser medida a uma profundidade de um a dois metros,  utilizando-se o termômetro amarrado por uma corda e mergulhado na profundidade desejada”.

    O ideal é fazer duas medições por dia, uma vez por semana, durante um ano. Essas medições deverão ser realizadas uma pela manhã, entre seis e sete horas, quando serão observados os menores valores de temperatura do dia, e a outra à tarde, entre 14 e 15 horas, quando serão observados os maiores valores de temperatura do dia. “Dessa forma, será possível conhecer as maiores e as menores temperaturas da água, durante o ano todo”, concluiu o professor, especialista em piscicultura pela UFV.

    A fase mais esperada pelo criador de tilápias, ou de qualquer outra espécie, é o momento da despesca, que encerra o cultivo e inicia a fase de comercialização. A despesca deve ser feita com bastante cautela para que o peixe chegue em bom estado ao seu destino final, sem estresse ou ferimentos. De acordo com Manuel Vazquez, “existem vários métodos para despesca e o piscicultor deverá fazer um planejamento prévio de tudo que precisará, para que não falte material para armazenamento, redes adequadas para despesca e tudo que evite deixar o peixe com uma aparência ruim, o que significa desvalorização no mercado”.

    Por: Ariádine Morgan


    AVISO LEGAL

    Este conteúdo pode ser publicado livremente, no todo ou em parte, em qualquer mídia, eletrônica ou impressa, desde que contenha um link remetendo para o site www.cpt.com.br.

    Cursos Relacionados

    Curso Criação de Tilápias

    Curso Criação de Tilápias

    R$ 285,00 à vista ou em até 10x de R$ 28,50
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5066

    Saiba Mais

    Curso Criação de Tilápias em Tanques-Rede

    Curso Criação de Tilápias em Tanques-Rede

    R$ 285,00 à vista ou em até 10x de R$ 28,50
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5430

    Saiba Mais

    Curso Criação de Peixes

    Curso Criação de Peixes

    R$ 285,00 à vista ou em até 10x de R$ 28,50
    sem juros no cartão + frete.

    Cód. 5488

    Saiba Mais



    Deixe seu comentário

    Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

    O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

    Comentários

    aguida
    12-07-2013

    gostaria de saber se tilapia come lambari se tiver juntos no mesmo poço?

    obrigada
    aguida

    Resposta do Portal Cursos CPT
    15-07-2013

    Olá, Aguida!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    As tilápias podem ser criadas junto com os lambaris.

    Atenciosamente,

    Ana Carolina dos Santos

    adailton vieira
    03-06-2013

    Eu sou um amante de peixe não tenho espaço pretendo cria em caixa de isopor de cem litros com bomba oxigênio e e aquecedor, quantos poço criar nesse espaço

    Resposta do Portal Cursos CPT
    06-06-2013

    Olá, Adailton!

    Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

    Recomendamos que procure um espcialista em criação de peixes para mais informações sobre como criar peixes em caixa de isopor.

    Atenciosamente,

    Ana carolina dos Santos

    Carlos Junior
    28-02-2013

    Essa matéria é muito importante, mas gostaria de saber se a tilápia sobrevive a baixa temperatura. Porque aqui na minha região, em época de frio, a temperatura da aguá chega a 10cº e no verão pode chegar no máximo 23cº. Com essa temperatura posso criar essa espécie de pexe? Ou tem outra especie de peixe que possa indicar pra criação aqui na minha região?

    Resposta do Portal Cursos CPT
    01-03-2013

    Olá, Carlos!

    Agradecemos sua visita e seu comentário em nosso site.

    Por serem animais pecilotérmicos, a temperatura corporal dos peixes varia de acordo com a temperatura da água. Além disso, os peixes apresentam desenvolvimento máximo dentro de uma determinada faixa de temperatura, pois se alimentam mais. Fora dela, o consumo de alimentos será menor e o rendimento será consideravelmente reduzido. Portanto, a temperatura da água dos tanques é um parâmetro que irá influenciar diretamente o desenvolvimento dos peixes.

    Pos essa razãpo, será necessário avaliar a sua variação da temperatura em que o desenvolvimento dos peixes ocorre de maneira satisfatória é chamada de faixa ideal de temperatura e, para os peixes tropicais, como é o caso da tilápia, ela se encontra entre 26 e 30°C,  Quando essa temperatura fica entre 15 e 26°C ou entre 30 e 40°C, ocorrerá uma redução no consumo de ração pelos peixes, retardando o desenvolvimento dos mesmos. Se a temperatura da água for inferir a 15°C ou superior a 40°C, dependendo da duração, ela será considerada inadequada para a criaçã de peixes tropicais, pois poderá ocorrer a morte dos mesmos.

    Portanto, como a tilápia é uma espécie de peixe tropical, essas mesmas faixas de temperatura se aplicam ao seu cultivo, tanto na fase de recria como na de engorda.

    Assim, locais onde ocorrem calor ou frio intensos e prolongados precisam ser bem avaliados, antes da implantação de uma piscicultura de tilápia.

    Atenciosamente,

    Natália Parzanini Brum

     


    Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento




    O CPT liga para você!





    Exemplo: 31 38997000