Pérolas: tipos, como avaliar, comprar e conservar as joias

As pérolas são consideradas gemas orgânicas, pois são de origem animal. São formadas quando qualquer corpo estranho penetra no interior de uma ostra, para se proteger

Pérolas: tipos, como avaliar, comprar e conservar as joias   Artigos Cursos CPT


 

As pérolas são consideradas gemas orgânicas, pois são de origem animal (produzidas por moluscos - ostras). Quando qualquer corpo estranho penetra no interior de uma ostra, para se proteger, ela envolve esse corpo com carbonato de cálcio e uma substância córnea chamada de conchiolina. Segundo Ailton Batista Lopes, professor do Curso a Distância CPT de Ourives - Como Fabricar e Reparar Joias, em Livro+DVD e Curso Online, "Os microcristais de carbonato de cálcio se depositam concentricamente em torno do corpo estranho. A conchiolina atua como cimentadora desses microcristais formando o que chamamos de nácar. É o nácar que conferirá às pérolas suas características de dureza, sua compactividade, a cor e o brilho".

Como as pérolas naturalmente formadas são raras, hoje, no Japão, na China e nos mares do sul na Polinésia, foram desenvolvidos processos de cultivo nas fazendas marinhas de criação de ostras produtoras de pérolas (perlíferas). As pérolas de cultivo também são naturais, pois o que o homem faz é apenas ajudar a natureza, introduzindo na ostra um corpo estranho no tamanho e forma da pérola desejada. Em seguida, ele controla o desenvolvimento das ostras, bem como das próprias pérolas que deverão ser colhidas, em média, dois anos após a introdução do corpo estranho.


I- Principais tipos de pérolas


- Pérola Natural Redonda: são redondas e o seu tamanho varia de 5 a 8 milímetros (mm). É a mais clássica e, por isso, as preferidas.

- Pérola South Sea (Mares do Sul): são produzidas nos mares do sul. São maiores e mais valiosas. Geralmente, têm mais que 10 mm. Sua cor varia de branco prateada a negra.

- Pérola Negra: é muito rara e muito valiosa. No mercado, encontramos muitas pérolas negras que foram tingidas. Por isso, temos de tomar cuidado para não haver confusão entre os dois tipos. A verdadeira é obtida a partir de ostra de lábios negros, cultivadas nos Mares do Sul e do Japão.

- Pérola Barroca: são pérolas de formatos irregulares e pequenas.

- Pérola Mabe: são pérolas cultivadas, em que o núcleo colocado na ostra tem formatos variados. Por isso, a pérola resultante tem formato de coração, gota, navete, oval, quadrada e outros.

- Pérola Biwa: produzida no lago de água doce de Biwa no Japão. São pérolas irregulares.


II- Como avaliar e comprar joias com pérolas


- Brilho: é o primeiro critério a ser observado. Quanto maior for o brilho, maior a quantidade de nácar sobre o núcleo, portanto, melhor qualidade.

- Homogeneidade da forma: verrugas, estrias e manchas diminuem o valor das pérolas.

- Cor: é o fator mais subjetivo. Nos Estados Unidos, por exemplo, as pérolas que possuem a cor branca com um leve brilho róseo são as mais valorizadas. No Brasil, a preferência recai sobre as pérolas brancas com reflexos creme.

- Tamanho: quanto maior, mais valiosa é a pérola.


Dica:

Como as pérolas refletem a luz do ambiente, quando for escolher, coloque-as sobre um fundo branco onde ela vai apresentar a cor verdadeira. Em seguida, coloque sobre a sua própria pele para ver a cor que ela terá quando for usada.


III- Como conservar as pérolas


- Guarde separadas das outras joias, para não haver atrito, o que danificaria as pérolas.
- Guarde em embalagens arejadas, para não desenvolver em fungos que destroem sua superfície.
- Refaça a amarração dos colares a cada dois anos, ou quando o fio amarelar, para arejar as pérolas.
- Evite o contato direto das pérolas com cosméticos, perfumes, remédios, em especial pomadas à base de corticoides, laquês em spray e loções adstringentes.
- Nunca lave as pérolas para não apodrecer os fios.
- Para limpar, mergulhe as pérolas numa farinha de arroz seca, esfregue suavemente e depois bata devagar em um pano macio removendo a farinha.
- Não devemos colocar pérolas nas soluções ácidas que limpam o ouro, a prata ou mesmo o ácido de toque. Porque, com certeza, elas vão ser deterioradas.

Atenção:

Não devemos confundir a pérola natural de cultivo com as maiorcas que são imitações industrializadas.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Como Fazer.
Por Silvana Teixeira.

 

Cursos Relacionados

Curso de Ourives - Como Fabricar e Reparar Joias Curso de Ourives - Como Fabricar e Reparar Joias

Com Prof. Ailton Lopes

R$ 398,00 à vista ou em até 10x de R$ 39,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso de Ourives  -  Aperfeiçoamento de Técnicas - Como Fazer Curso de Ourives - Aperfeiçoamento de Técnicas - Como Fazer

Com Prof. Ailton Lopes

R$ 398,00 à vista ou em até 10x de R$ 39,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais
Curso Como Fazer Lapidação de Pedras Curso Como Fazer Lapidação de Pedras

Com Prof. Itamar Fernandes

R$ 338,00 à vista ou em até 10x de R$ 33,80 sem juros no cartão + frete

Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Outros artigos relacionados à área Como Fazer

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade