Saúde: bons hábitos para uma alimentação e uma vida saudável

Nunca é tarde para iniciar uma vida saudável. Porém, é sempre muito difícil mudar, deixar de lado os velhos hábitos para começar outros mais saudáveis


Nunca é tarde para iniciar uma vida saudável. Porém, é sempre muito difícil mudar, deixar de lado os velhos hábitos para começar outros mais saudáveis. Difíceis sim, impossíveis não! Uma boa dica para quem está sentindo a necessidade de promover essa mudança, em nome de uma melhor qualidade de vida, é não ter pressa. Adotar o sistema de “uma coisa de cada vez” é sempre muito melhor do que uma mudança radical. Mudanças drásticas de comportamento tendem a fracassar, por isso não seja radical e tente seguir algumas dicas que poderão auxiliá-lo a atingir suas metas.

1. Pela manhã


Quebre o jejum, após uma boa noite de sono, com um belíssimo copo de suco e os desintoxicantes são uma alternativa mais que viável para essa tarefa. Lembre-se que o nosso organismo é cheio de toxinas e livrá-lo das impurezas logo pela manhã é um bom começo para uma vida saudável.

2. Durante o almoço


Sempre que disponível, priorize as saladas, como prato inicial. Faça uma belíssima composição, abusando da quantidade, da variedade e das cores.  Para que fiquem mais saborosas, tempere-as com azeite, ervas frescas, limão e apenas uma pitada de sal. Finalizada essa etapa, aí sim, você poderá ir aos demais alimentos oferecidos.

3. Variedade


Havendo a possibilidade, consuma diariamente alimentos variados, pois havendo um equilíbrio entre eles você irá suprir o seu organismo no que diz respeito a todos os nutrientes necessários ao seu bom desenvolvimento.

4. Fibras, SIM!


Não abra mão das fibras. Elas são muito importantes ao organismo e podem ser facilmente encontradas nas frutas, raízes, sementes, legumes, folhas e cereais integrais crus e frescos. Sementes cruas, em pequenas quantidades, como as de girassol, linhaça e castanha do Pará são poderosas fontes de nutrição, indispensáveis para o organismo.

5. Carnes magras, por favor!


Quanto às carnes, prefira as de aves, sem a pele, ou peixes. Diminua, ao máximo, o consumo das carnes vermelhas e, caso não seja possível, opte sempre pelos cortes magros. E, em se tratando dos laticínios, quanto menor a taxa de gordura melhor. Portanto, dê preferência aos desnatados e “lights”.

6. Essa é uma hora sagrada


Enquanto estiver ceando, não tenha pressa. Mastigue bem os alimentos até que eles se quebrem em pequenas partículas, tornando-se mais facilmente digeridas e absorvidas pelo organismo. Além disto, quanto mais se mastiga, maior é a sensação de saciedade e menos fome se tem.

7. Líquidos só 2 horas depois ou 30 minutos antes


No momento das refeições, evite a ingestão de líquidos para não provocar atrasos na digestão dos alimentos. Além disto, juntamente com o alimento ingerido, elas causam grande volume estomacal, causando transtornos e indisposições.

8. Satisfeito? Levante-se!


Não deixe que os olhos agucem sua vontade. Ao terminar as refeições, levante-se e dê continuidade a outras atividades. Quanto mais tempo ficar sentado à mesa, maiores serão as tentações de comer mais um pouquinho.

9. Longos períodos de abstinência só prejudicam!


Procure seguir um horário fixo para fazer as refeições e, nunca, nunca fique longos períodos de tempo sem comer. O certo é ingerir algum tipo de alimento, pelo menos, a cada 3 horas. Entre as principais refeições, opte pelas frutas.

10. Faça previamente a sua lista de compras


Ao realizar as compras, vá acompanhado de uma lista prévia. Dessa forma, você evita a perda de tempo e também o gasto com alimentos supérfluos, caros e pobres em nutrientes. Outra dica interessante é que você faça uma refeição antes de sair de casa. Ir às compras com fome fará com que você compre convulsivamente, além de encher o carrinho com as famosas “comidas rápidas industrializadas”, como sopas prontas, carnes enlatadas, embutidos e frios, que contêm muito sal, além de conservantes e aditivos químicos, que nada fazem bem ao organismo.

11. Natural SIM, industrializado TALVEZ


No momento da grande escolha sobre o quê comer, dê preferência de consumo ao que for natural. Sucos, leite, frutas frescas ou secas, legumes e verduras sempre farão bem à saúde, ao contrário dos refrigerantes, açúcares, balas, bombons, sobremesas muito doces e fast foods, por exemplo.

12. Sede? Beba água!


Beba de 6 a 8 copos de líquidos por dia. Seu organismo necessita ser hidratado para manter as funções do organismo saudáveis. A não ingestão de líquidos só traz prejuízos à sua saúde.

13. Mexa-se!


Faça atividades físicas regularmente. Elas lhe propiciam enorme bem-estar, diminuem o estresse, diminuem a ansiedade, melhoram a postura e ajudam na perda de peso.

Por Silvana Teixeira.

Cursos Relacionados

Curso Básico de Cozinha Curso Básico de Cozinha

Com Prof. Eiji Tomimatsu

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Profissional de Cozinha Curso Profissional de Cozinha

Com Prof. Eiji Tomimatsu

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Cozinha para Iniciantes Curso Cozinha para Iniciantes

Com Prof.ª Denise Andrade

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Saúde

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade