WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Treinamento, palavra chave para ingresso em novas técnicas produtivas e gerenciais no meio rural

Prof. Nelson Fernandes Maciel, Diretor-Presidente do Grupo CPT.

 Prof. Nelson Fernandes Maciel
Diretor-Presidente do CPT

Os avanços da ação da globalização nos coloca diante de um quadro de mudanças rápidas, praticamente, em todos os segmentos produtivos do mundo e do nosso Brasil.

Os produtores rurais já perceberam que o mercado onde atuam mudou; hoje, ele é muito mais competitivo, existe a concorrência dos importados e os consumidores exigem melhores produtos. É preciso aumentar a produtividade e a qualidade para competir e manter a atividade rentável. Mas como fazer isso?

A maioria dos produtores rurais não se deu conta de que a única saída é o aperfeiçoamento constante e que "Treinamento" é a palavra chave para ingressarem em novas técnicas produtivas e gerenciais.

É conhecido que existe uma grande diferença entre a teoria e a prática; e esta diferença é basicamente causada pela falta de treinamento, pois a teoria que garante a prática com sucesso, na maioria das vezes, está disponível. Um curso de algumas horas de ensinamento de novas técnicas ou motivação já é suficiente para resolver problemas básicos.

O treinamento eficaz tem que ser simples, objetivo e descomplicado para que seja alto o índice de fixação de conhecimentos.

O treinamento eficaz tem que ser simples, objetivo e descomplicado para que seja alto o índice de fixação de conhecimentos.

Todo mundo quer uma equipe de empregados dinâmica, criativa, que seja capaz de produzir resultados, mas poucos dirigentes rurais se preocupam em criar as condições para que isto aconteça. A grande maioria não ensina o seu empregado mais simples a desenvolver corretamente a sua função, mas, por outro lado, alguns já entenderam esta necessidade como o Senhor Bruschi, produtor de leite da cidade de Dores do Turvo, em Minas Gerais, que reúne seus empregados à tardinha de sexta-feira, onde assistem e discutem filmes técnicos, lêem livros, catálogos, ouvem especialistas convidados e programam os trabalhos da próxima semana e, ainda, fazem um social com uma pinguinha saideira.

O treinamento eficaz tem que ser simples, objetivo e descomplicado para que seja alto o índice de fixação de conhecimentos, motivando e provocando mudanças de comportamento. Com a cultura de treinamento enraizada, o Brasil conseguirá ser mais competitivo e grande exportador, deixando o berço esplêndido para tomar posição vertical e caminhar.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!