WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Presidente do Grupo CPT é agraciado com a Comenda Arthur Bernardes

Neste ano de 2017, Prof. Nelson Fernandes Maciel, diretor-presidente do Grupo CPT, recebeu, com muito orgulho, a Comenda Arthur Bernardes

Presidente do Grupo CPT é agraciado com a Comenda Arthur Bernardes   Cursos CPT

 

Criada em 1983 pela Associação Comercial de Viçosa, a Comenda do Mérito Arthur Bernardes é entregue a cada dois anos a cidadãos que se mobilizam em diferentes atividades em prol do progresso da região, a partir de ações sociais, culturais, educativas ou empreendedoras, perpetuando o exemplo do Arthur Bernardes, ex-presidente e filho ilustre de Viçosa. Neste ano de 2017, Prof. Nelson Fernandes Maciel, diretor-presidente do Grupo CPT, recebeu, com muito orgulho, a tão ilustre honraria.

Conheça, na íntegra, o discurso proferido pelo homenageado na ocasião do evento:

DISCURSO COMENDA ARTHUR BERNARDES

“Nada vale a independência política sem a independência econômica. A nossa independência econômica se acha ameaçada pela Itabira Iron, que quer apenas o nosso minério bruto. ”

“O Brasil pode ser um dos maiores produtores de ferro e aço, desde que sejam instaladas no país as indústrias pesadas para sua produção. A produção de ferro e aço atenderá não só as nossas necessidades, mas também abastecerá os mercados de outros países. ”

“A questão do petróleo é semelhante em tudo e por tudo à questão do minério. Para o petróleo, a única solução acertada para nosso país será o controle comercial pelo Estado. Espero que o Congresso Nacional compreenda que essa solução pode remediar o deplorável estado que se acha a nossa economia e as nossas finanças. A exploração do petróleo, a indústria de seu transporte, sua distribuição e seu comércio podem ajudar o levantamento das forças vivas da nação. ”

“Defendo a nacionalização do petróleo. Defendo a tese da inconveniência de se conceder a firmas estrangeiras o direito da exploração do petróleo brasileiro. ”

“Não esqueça de nosso povo, Presidente Vargas. Não temos o direito de dar a exploração do petróleo, patrimônio da Nação, para potentados enriquecidos. ”

“Senhor Presidente Vargas, o Brasil possui muitas riquezas, mas o povo é pobre, portanto, não se pode abrir mão de matérias-primas em favor de estrangeiros, mas sim transformá-las em produtos industrializados de modo a melhorar a vida da Nação. ”

“Sou contra o Instituto da Hiléia Amazônica, pois é um atentado à soberania nacional. Por trás desta instituição, está o interesse de nações estrangeiras na internacionalização da Amazônia brasileira. ”

“Quando entro no exame de qualquer questão, ajo sempre com segurança, pois estudo profundamente cada situação e defendo de forma firme a minha posição. ”

Na revolução constitucionalista de 1932, São Paulo reivindicou a volta ao Brasil do Regime Legal, contra a ditadura Vargas. Minas Gerais e o Rio Grande do Sul se colocaram ao lado de Getúlio Vargas. Arthur Bernardes não trepidou em ficar ao lado de São Paulo, dirigindo à Nação Brasileira um manifesto. O manifesto terminava assim:
.... São Paulo sempre esteve ao lado das grandes causas e,  mais uma vez, se põe de pé pelo Brasil. Quanto a mim, fico com São Paulo, porque para São Paulo se transportou, hoje, a alma cívica do Brasil. ” Este posicionamento contra o Estado de Minas, do qual fora Presidente e que abarca sua cidade natal, demonstra a sua coragem, a sua ousadia e o seu grande espírito nacionalista, até em momentos de extrema dificuldade.

O seu manifesto e as ações em defesa dos interesses da nação brasileira custaram-lhe a prisão e o exílio. Estas frases e posturas foram emitidas pelo cidadão Arthur da Silva Bernardes em diversos momentos e locais. Como Presidente da República, na Câmara Federal, no Palácio do Catete, na Tribuna da Câmara de Minas, no Clube Militar, em comícios e em reuniões com amigos.

Em relação à Viçosa, sua cidade natal, ele sempre teve muita atenção e carinho. Contribuiu com diversas melhorias, como a luz elétrica, redes de esgoto, praças, Grupo Escolar, Escola Normal e Estrada de Ferro. Enquanto os Presidentes da República implantavam, em suas terras natais, unidades militares, Bernardes com sua perspicácia e inteligência, construiu aqui a Escola Superior de Agricultura de Viçosa, a colônia agrícola “Vaz de Melo” e o Patronato Agrícola. A Escola Superior de Agricultura de Viçosa transformou-se na grande Universidade Federal de Viçosa, da qual temos muito orgulho.

Bernardes, espírito esclarecido, mostrou sempre o seu ponto de vista nacionalista em defesa da economia e da prosperidade da nação. Ficou conhecido como o paladino de um movimento nacionalista da exploração do petróleo. Pelo seu grande patriotismo, sinceridade e coragem, o estadista era denominado pelos amigos e correligionários o  “Sentinela da Pátria”.

Neste momento, em que os cidadãos de bem deste país sentem vergonha da grande maioria dos políticos pela corrupção endêmica instalada, formando uma verdadeira organização criminosa, e pela destruição moral de nossas instituições, a voz de Bernardes que tantas vezes se ergueu em defesa dos mais altos interesses do Brasil, nos convoca a não nos calarmos.

Nos convoca a não aceitar esta corrupção. Nos convoca a lutar e banir todos estes corruptos que estão preocupados apenas em defender interesses próprios, interesses de seus grupos, de seus partidos e de sua ideologia política, deixando de lado os interesses da nação brasileira.

A voz do Presidente Bernardes nos convoca a criar um novo país. Um país de um povo cheio de esperança e de orgulho. Um país com melhor distribuição de renda, com menos fome, com educação adequada para todos, com mais saúde, segurança e prosperidade.

O que dizer desta comenda que leva o nome de tão ilustre viçosense? Honra, honra, é uma honra imensurável. Guardarei esta comenda com muita alegria e com o propósito de que o espírito nacionalista de Arthur Bernardes esteja sempre presente em minhas ações.

Agradeço aqueles que indicaram o meu nome para receber a Comenda Arthur Bernardes.

Muito obrigado!

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!