WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Nova ortografia - o trema e o acento agudo no u dos grupos gue, gui, que, qui

O trema fica totalmente abolido

Antes se escrevia: agüentar, argüição, eloqüente, tranqüilo, freqüência, freqüente, freqüentemente, cinqüenta, argüir, bilíngue.

Agora se escreve: aguentar, arguição, eloquente, tranquilo, frequência, frequentemente, cinquenta, arguir, bilíngue.

Exceção: O trema será mantido apenas nos nomes próprios estrangeiros e seus derivados, como Hübner, hübneriano, Müller, mülleriano, Schönberg, shönbergiano.

Uso do acento agudo nos grupos gue, gui, que, qui

Com a supressão do trema, deixa também de existir o acento agudo sobre o “u” tônico nos grupos gue, gui, que, qui.

Antes se escrevia: tu argúis, ele argúi, eles argúem, que eu averigúe, que tu averigúes, que ele averigúe, que eles averigúem, que ele apazigúe.

Agora se escreve: tu arguis, ele argui, eles arguem, que eu averigue, que tu averigues, que ele averigue, que eles averiguem, que ele apazigue.

Observação:

Nesse contexto, o Acordo Ortográfico estabelece que os verbos aguar, averiguar, apaziguar, apropinquar, averiguar, desaguar, enxaguar, obliquar, delinquir e afins, por oferecerem dois paradigmas, passam a aceitar duas grafias.

a)com a tônica no “u”, mas sem acento gráfico: eu averiguo, tu averiguas, que eles averiguem, eu enxaguo, eu desaguo, que eles desaguem;

b)fazendo tônicas as vogais “a” ou “i” do radical e marcando-as com o acento agudo: eu averíguo, tu averíguas, que eles averíguem, eu enxáguo, eu deságuo, que eles deságuem.

Comentários:

Essa dupla possibilidade de grafia, oferecida pelo Acordo, não pode significar total liberdade: No Brasil, a norma culta já fez suas opções.

A linguagem formal continuará preferindo as seguintes formas:

aguar: eu águo, tu águas, ele água, que eu águe;
apaniguar: eu apaniguo, tu apaniguas, que ele apanigue;
apaziguar: eu apaziguo, tu apaziguas, ele apazigua, que ele apazigue;
apropinquar: eu apropínquo, tu apropínquas, ele apropínqua, que ele apropínque;
averiguar: eu averiguo, tu averiguas, ele averigua, que ele averigue;
delinquir (defectivo, não tem a primeira pessoa do singular do presente do indicativo): tu delínques, ele delínque;
desaguar: eu deságuo, tu deságuas, ele deságua, que ele deságue;
enxaguar: eu enxáguo, tu enxáguas, ele enxágua, que ele enxágue;
obliquar: eu obliquo, tu obliquas, ele obliqua, que ele oblique.

Em Portugal, o trema já foi abolido há muito tempo. Mesmo assim, há os que sentem sua falta, pois não é raro ouvir, até de jornalistas, a palavra sequestro ser pronunciada como “sekestro”.

Agora, no Brasil, com a queda do trema, não será mais possível saber, pela simples grafia da palavra, se nos grupos gue, gui, que, qui o “u” deve ou não se pronunciado. Será preciso recorrer ao Vocabulário Ortográfico. Sempre que o “u”, nesses grupos é pronunciado, o Vocabulário Ortográfico coloca, depois da palavra, um “ü” entre parênteses: aguentar (ü), tranquilo (ü). Quando a pronúncia do “u” é livre, as duas possibilidades são apontadas, como acontece com antiguidade (u ou ü) líquido (u ou ü). É de esperar que essa prática se estenda aos outros dicionários.

Até agora escrevíamos ele argúi (3ª pessoa do singular do presente do indicativo) e eu argüi (1ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo). Com a nova grafia, teremos ele argui e eu arguí.

O trema somente não fará falta em palavras como bilíngue e águe, já que o acento se justifica exatamente pelo fato de, sendo o “u” pronunciado, tratar-se de palavras paroxítonas terminadas em ditongo “ue”, o que não ocorre, por exemplo, com dengue e distingue.

Aprimore seus conhecimentos acessando o Curso Português para Concursos, elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

john

12 de out de 2018

Quero comprar livros manuais

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de out de 2018

Olá John,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Uma de nossas consultoras entrará em contato.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!