WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

#fiqueemcasa Vamos nos unir nessa corrente: só o conhecimento constrói o amanhã!

Teoria da cor envolve refração e reflexão da luz

A fotografia se baseia na reflexão, que nos permite perceber as diversas combinações de cores

O conjunto das cores básicas é formado pelo vermelho, verde e azul. Já as complementares são amarelo, ciano e magenta.

Qualquer elemento torna-se visível por emitir ou refletir a luz que incide sobre ele. Esses dois fenômenos físicos, emissão ou reflexão, são os responsáveis pelas cores e as formas que enxergamos.

O conjunto das cores básicas do visível é formado pelo vermelho, verde e azul. Já o conjunto das complementares são amarelo, ciano e magenta. Quando essas encontram-se juntas, o olho humano não consegue separá-las, e, por isso, enxergamos todas como branco. Mas, se não temos capacidade de diferenciá-las quando estão juntas, como é que conseguimos enxergá-las nas cores dos objetos naturais ou artificiais coloridos?

Isso só é possível porque os elementos têm a capacidade de absorver uma parte das cores e refletir outra parte da luz branca que incide sobre eles. É exatamente a fração refletida que conseguimos enxergar. Por exemplo, se conseguimos enxergar um objeto azul, significa que ele está refletindo a luz correspondente ao comprimento de onda dessa cor. Portanto, é a reflexão associada à estrutura do olho que nos permite perceber as diversas combinações de cores existentes.

É no mesmo princípio que se baseia a fotografia. De acordo com o professor Júlio Alessi, no Curso de Fotografia Digital, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “a câmera fotográfica funciona como o olho e o seu sensor registra os tons refletidos pelos elementos que estão sendo fotografados, permitindo, assim, que a foto fique mais próxima possível da realidade”.

O sensor da câmera digital registra a imagem do elemento fotografado em três camadas. A primeira retém o azul; a segunda, o vermelho; e a terceira, o verde. E, em cada uma, são utilizados pequenos pontos, os pixels, para formar a imagem. A quantidade de pixels utilizados, que é a mesma, dependerá da sensibilidade de captura.

Cada pixel é convertido em sinais elétricos, os quais são corretamente organizados e transferidos para o cartão de memória, onde ficarão registrados em forma de grade, e cada um passará a ser representado por dois números, um correspondente à cor e o outro à luminosidade. Cada ponto dessa grade representará um ponto da luz refletida e o conjunto de todos eles representarão a imagem do objeto fotografado.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!