WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Técnicas para fazer origamis

O modo como se inicia o origami determina os tipos de dobra para cada um deles

 

O origami de camelo é feito a partir da base II. Foto: Stock Images

Origamis são simples e muito fáceis de fazer, basta possuir os conhecimentos necessários e praticar bastante. Separe um momento para aprender como cada tipo de origami é feito, para descobrir quais procedimentos eles têm em comum e quais são as peculiaridades em cada uma das obras obtidas. Um conceito fundamental, que você precisa saber, diz respeito às bases, ou seja, às dobraduras iniciais do processo, sem nenhuma forma que caracterize um objeto específico mas que serve para vários.

Existem três classificações (Base I; Base II; Base III), que determinam o grau de dificuldade do origami, e há também aqueles que são feitos sem base alguma. Ficou curioso? O Curso de Origami, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, traz o passo a passo ilustrado de vários modelos em que essas técnicas são empregadas. Confira abaixo alguns exemplos e acesse o curso para aprender a fazê-los.

Base I – Esta base é chamada de casquinha de sorvete, pois em um papel quadrado você imaginará duas linhas que saem de uma das pontas e se abrem como se fossem formar um triângulo. Ao dobrar o papel nessas linhas, você visualizará melhor essa figura geométrica. Exemplos de origamis feitos a partir dessa base: gato, peixe, pinguim.

Base II – Diferente da anterior, que é caracterizada por apenas duas dobras, nesta base, há várias. A primeiras são realizadas em todos os sentidos, formando pequenos quadrados no quadrado maior, que é o papel inteiro. Em seguida, você juntará duas pontas, formando um triângulo de base larga, como um guardanapo, e seguirá fazendo as outras dobras que o curso ensina. Origamis com essa base: tulipa, rosa, lírio, camelo.

Base III – Nesta, a primeira dobra é feita verticalmente no meio do papel, dividindo-se o quadrado em dois retângulos iguais. Em seguida, são aplicadas muitas outras dobras específicas dessa base. Alguns exemplos de origamis: borboleta e sapo.

Por Luci Silva

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Angela F Silva

19 de out de 2019

Gostaria de saber qual o valor do Curso de Origami da CPT.

Resposta do Portal Cursos CPT

23 de out de 2019

Olá, Ângela

Como vai?

O origami é uma arte que tem como base a criação de formas através da dobradura de papéis. Além de seu valor artístico, terapêutico e pedagógico, a técnica do origami pode se tornar um negócio lucrativo.

Acesse o link https://www.cpt.com.br/cursos-educacao-infantil/origami-arte-da-dobradura-de-papeis e confira os assuntos abordados no curso.

Uma de nossas consultoras entrará em contato com você para lhe passar maiores detalhes sobre os assuntos abordados no curso.

Atenciosamente,

Erika Lopes

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!