WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Soja transgênica é mais tolerante à seca

Com os resultados das pesquisas comprovados, o plantio da soja é liberado e vai estar disponível para os produtores nos próximos anos

Soja transgênica

Com as bruscas variações climáticas que o mundo vem passando nos últimos anos, a preocupação com a agricultura e o futuro da alimentação aumenta.  Pesquisadores da Embrapa e de multinacionais estão investindo em estudos de plantas resistentes à seca.

O grão de destaque nas pesquisas brasileiras é a soja.  Os estudos referentes à obtenção de variedades resistentes ao estresse hídrico da soja tiveram início em 1990. Neste ano, o principal grão cultivado no país está com a expectativa de colheita de 67,5 milhões de toneladas. Nas casas de vegetação da Embrapa Soja em Londrina, o desempenho da planta geneticamente modificada foi cerca de 10% superior à convencional comparando a eficiência na fotossíntese, número de legumes e transpiração.

A tutora do Portal de Informação do CPT – Centro de Produções Técnicas, Patrícia Tristão, diz que “de acordo com os relatórios das pesquisas divulgadas, o Brasil já caminha para a segunda fase. Nessa etapa os pesquisadores procuram identificar a função de cada gene no desenvolvimento do grão, para a partir disto, avaliar outros fatores como a sensibilidade à ferrugem e até aos parasitas”.

Os resultados obtidos são tão promissores que a  CTNBio  - Comissão Técnica Nacional de Biossegurança autorizou o plantio, no campo, da soja transgênica. Bahia e Mato Grosso do Sul, além dos estados da região Sul, estão entre os beneficiados pela criação de uma cultivar de soja mais resistente à estiagem, que deve estar disponível aos agricultores dentro de seis anos.

Por: Ariádine Morgan

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!