Setor agropecuário brasileiro é beneficiado com US$ 10,6 milhões pelo Banco Mundial

Interessado em promover a tecnologia agrícola, Banco Mundial destina US$ 10,6 milhões ao setor agropecuário brasileiro.

Setor agropecuário brasileiro é beneficiado com US$ 10,6 milhões pelo Banco Mundial

 

No dia 1º de agosto deste ano, representantes do Banco Mundial assinaram com o Senar um acordo que destina US$ 10,6 milhões para o projeto ABC Cerrado, desenvolvido em parceria com a Embrapa e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, marco na agricultura de baixo carbono. O objetivo do referido projeto é difundir práticas agrícolas sustentáveis que sejam capazes de atuar na redução das emissões de gases de efeito estufa. Em resumo, o ABC Cerrado, de acordo com o secretário executivo do Senar, Daniel Carrara, formará um exército de produtores, multiplicadores e técnicos especializados em garantir a efetiva aplicação tecnológica no campo, garantindo renda aos produtores rurais, sem deixar de lado a questão da preservação ambiental.

David Tuchschneider, especialista em Desenvolvimento Rural do Banco Mundial, defende a ideia de que até 2050 a demanda por alimentos vai dobrar, com 2 bilhões a mais de pessoas no mundo. Daí a grande importância de se apostar em tecnologia e no apoio de instituições respeitáveis, já que “sem eles será necessário desmatar mais de 100 milhões de hectares adicionais”, afirma  Tuchschneider.

O ABC Cerrado contará com o apoio de, ao todo, 12 mil propriedades, sendo 1.200 nos Estados de Minas Gerais, Goiás, do Tocantins e de Mato Grosso do Sul. Atenderá a oito Estados do bioma Cerrado - Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Bahia, Piauí e Minas Gerais - e o Distrito Federal durante quatro anos, com a promoção de quatro processos tecnológicos: recuperação de pastagens degradadas, integração lavoura-pecuária-floresta, sistema de plantio direto e florestas plantadas.

Uma vez que o Senar trabalha com demandas, a mobilização para a implantação e o sucesso do projeto será feita por meio de sindicatos rurais, associações de produtores e federações estaduais. Um recorte de municípios prioritários será feito com base em dados do IBGE sobre aqueles que mais desmataram o bioma Cerrado.

Por Silvana Teixeira.
Fonte: EBC agência Brasil

Cursos Relacionados

Curso Gestão Moderna de Cooperativa Curso Gestão Moderna de Cooperativa

Com Prof. Dr. Antônio Carlos dos Santos e Prof. Dr. Juvêncio Lima

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Finanças na Família - Administração e Controle Curso Finanças na Família - Administração e Controle

Com Prof.ª Dr.ª Nerina Marques

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Planejamento e Gestão Financeira da Empresa Rural Curso Planejamento e Gestão Financeira da Empresa Rural

Com Prof. Dr. Fabiano Alvim

R$ 468,00 à vista ou em até 12x de R$ 39,00 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade