WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Esquenta Black Friday 25%OFF nos cursos online

Safra de café cresce mais de 20% em Minas

Levantamento da Conab indica um aumento na área e na produtividade das lavouras mineiras

 

 Muitos produtores apostam a colheita mecanizada por falta de mão de obra.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou o terceiro levantamento da safra de café 2012. A produção do grão no estado atingiu 26,63 milhões de sacas, um aumento de 20,07% em relação à safra de 2011.

Segundo a Conab, o grande aumento da safra se deve principalmente à bianualidade positiva, na qual o café produz menos em um ano e mais no seguinte. Além disso, houve um aumento de 2,84% na área plantada e de 16,73% na produtividade, que chegou a 25,87 sacas por hectare.

A área do cerrado, que corresponde às regiões do Triângulo, Noroeste e Alto Paranaíba, foi onde houve o maior aumento. Foram produzidos 6,027 milhões de sacas, um crescimento de 50,62% em relação à safra anterior. A produtividade da área também subiu bastante. Em comparação a 2011, o incremento foi de 44,05%, passando de 24,84 sacas por hectare para 35,78 sacas. A área plantada aumentou em 4,57%.

A região Sul e o Centro-Oeste de Minas também tiveram crescimento da produção. As duas regiões juntas colheram 13,59 milhões de sacas de café, quantidade 30,16% maior do que no ano passado. A produtividade subiu de 20,67 sacas por hectare para 26,20 sacas. As outras regiões, como o Norte e o Nordeste, também tiveram um aumento na produção, mesmo sofrendo com a falta de chuvas e o clima seco. A única que teve uma queda na produção foi a Zona da Mata, com baixa de 13,23%.

Segundo a Conab, o aumento poderia ter sido maior, se não fosse pelas chuvas atípicas que ocorreram em maio e junho, o que atrasou o começo da colheita. Com isso, houve uma perda considerável na qualidade do produto colhido.

Além disso, os técnicos da Conab afirmaram que os produtores reclamaram bastante da falta de mão de obra especializada e cara, o que contribuiu ainda mais para encarecer a colheita. Muitos deles estão optando pela colheita mecanizada, que tem trazido mais benefícios aos produtores mineiros.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!