WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Queijo de leite de cabra pode ser incrementado com ingredientes simples

Frutas tropicais e pequi estão entre os alimentos incorporados ao queijo caprino por uma pesquisa da Embrapa

Os derivados de leite de cabra  apresentam bom valor nutricional.

A produtividade do rebanho leiteiro caprino têm aumentado nos últimos anos. Investir em alternativas para estimular o consumo de seus produtos lácteos é um bom negócio, que promete elevar a renda dos produtores rurais. Uma pesquisa feita pela Embrapa está desenvolvendo estratégias para incrementar os produtos derivados do leite de cabra.

No curso Produção de Queijos de Leite de Cabra, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, o professor André Luis Guedes ressalta que o leite de cabra, diferentemente do de vaca, tem características únicas, como alta digestibilidade, alcalinidade distinta e maior capacidade tamponante. Seus derivados, portanto, apresentam bom valor nutricional, como fonte de minerais, vitaminas e proteínas de alto valor biológico, além de baixo potencial alergênico.

Uma das ideais apresentadas é adicionar óleo de pequi ao queijo de cabra, o que aumenta seu valor nutricional e torna a coloração do produto muito atrativa. Um dos tipos de queijo preferidos pelo consumidor brasileiro, a coalhada, também está envolvida nos estudos. Ela é composta por culturas probióticas, microrganismos vivos que, quando ingeridos em quantidade adequada, aumentam o valor agregado ao alimento, tornando-o funcional.

O professor Guedes, no mesmo curso, dentre outras preparações, ensina a fazer a coalhada. “Para se ter uma coalhada-coalho, simplesmente se aquece o leite de 32 a 35°C e adiciona-se a quantidade de coalho recomendada pelo fabricante”, explica.

Outra alternativa é a adição de frutas tropicais à coalhada dessorada. Segundo os pesquisadores, essa produção pode ser realizada tanto em pequenas propriedades, permitindo o aproveitamento de leite e frutas por agricultores familiares, como em escala industrial.

Por: Clara Peron.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!