WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Proteja seu apiário de perdas no inverno

Uma mistura simples pode facilitar o manejo de abelhas no frio

 

Durante o período de inverno, os produtores chegam a perder 40% das colmeias. Com o uso da pasta, as perdas caem para cinco por cento.

 

No período em que o inverno está mais rigoroso, muitas abelhas morrem, ocasionando diminuição na produtividade das colmeias. Uma técnica difundida pela Emater de São Gabriel tem dado bons resultados na redução dessas perdas.

O método é simples. Uma mistura composta de mel e proteína é colocada entre os favos e a tampa da colmeia. Essa substitui o pólen durante o período de hibernação, quando as abelhas ficam sem alimento. O procedimento simples evita a morte de abelhas por desnutrição.

Aldo Machado, um apicultor, dá a receita “coloque um quilo de farinha de soja desengordurada para um quilo de mel. Aqueça um pouco, até ficar líquido, assim é mais fácil para misturar com a pasta. Quando estiver como uma massa de pão, coloque dentro de um saco plástico, o mesmo usado para pão de sanduíche”.

O professor  Paulo Sérgio Cavalcanti Costa, no curso Manejo do Apiário – Mais Mel com Qualidade, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, instrui outros cuidados que protegem a criação durante essa estação. “No início do inverno, reduza a entrada da colmeia, visando maior proteção e diminuição do trânsito de abelhas campeiras. Coloque quadros com alimentos mais próximos da área central. Se a família estiver muito fraca, faça a união de famílias, transportando-as para uma caixa menor, ou a redução do ninho com divisórias de papelão. Introduza plantas mellíferas no apiário, que deem suporte de alimentos no período de entressafra, como eucalipto, sanção do campo, entre outras. Faça alimentação artificial, de subsistência, quando o enxame estiver fraco”, diz o professor, especialista em apicultura da USBE.

Durante o período de inverno, os produtores chegam a perder 40% das colmeias. Com o uso da pasta, as perdas caem para cinco por cento. De acordo com a Emater, um quilo da mistura custa, em média, R$ 5.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!