WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Esquenta Black Friday 25%OFF nos cursos online

Projeto quer tornar Búzios a melhor cidade em consumo consciente de energia da América Latina

Até 2015 mais de R$ 35 milhões devem ser investidos em tecnologia e inovação no setor energético

 

 Búzios é conhecida pelas belas praias e pretende ser também pelo consumo consciente de energia. Foto: Deviantart.

O Projeto Cidade Inteligente Búzios pretende investir R$ 35 milhões até 2015 para tornar a cidade a número um em consumo consciente de energia. A iniciativa está sendo desenvolvida pela Endesa Brasil, grupo de empresas que trabalham juntas na distribuição, geração, conversão e transmissão de energia no país.

Em um relatório de uma empresa de consultoria internacional, o projeto foi colocado entre os dez mais importantes na área de infraestrutura urbana em todo o mundo. Segundo o diretor de Relações Institucionais da Endesa Brasil, André Moragas, a previsão é de se introduzir novas tecnologias relacionadas à rede elétrica que beneficiem o consumidor diretamente. Assim, estão sendo realizados alguns testes com tecnologias conhecidas e outras que ainda devem chegar ao país.

Uma dessas tecnologias é um medidor digital, até agora instalado para experimentação em 200 residências, que permite a visualização dos gastos gerais de energia e também o monitoramento do consumo de cada cômodo e em cada horário. Moragas afirmou que isso é importante, já que o morador poderá controlar o uso em horários em que a energia é mais cara.

Outra vantagem desse medidor é permitir a negociação de energia entre o consumidor e a companhia energética. Caso ele produza uma parte da energia que consome, através de energia solar, por exemplo, poderá vender o excedente para a empresa.

Além disso, boa parte da iluminação pública da cidade deve ser trocada por lâmpadas de LED, que são até 80% mais econômicas e 20 vezes mais eficientes. Moragas destacou que, com a economia de energia, os recursos economizados poderão ser empregados em outras áreas, como o setor de infraestrutura.

Os consumidores também poderão trocar lixo reciclável por descontos na conta de energia. Será incentivada a construção de paredes solares para a iluminação, o uso de bicicletas e carros elétricos, que também serão testados como táxis e na frota de hotéis. O objetivo é reduzir a emissão de gases de efeito estufa e a poluição sonora.

A meta do projeto é transformar Búzios em um modelo, onde serão testadas várias tecnologias e como elas influenciarão o modo de vida da população. Assim, se a iniciativa der certo, pretende-se ampliá-la para outras cidades. O projeto será monitorado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pode ser usado como base para possíveis mudanças na legislação.

Por: Maria Clara Corsino.

Fonte: Agência Brasil.

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Fique por dentro das novidades!