WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

Pesquisa estuda a utilização do bambu na construção

Planta pode ser um material sustentável, de qualidade e de baixo custo

 

 Segundo pesquisa, o bambu poderá ser usado na construção. Foto: Deviantart.

Um estudo da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP) analisa a viabilidade do bambu como matéria-prima estrutural na construção. A ideia do projeto é agregar valor à planta, gerando produtos sustentáveis de alta qualidade e de baixo custo para serem produzidos e usados por comunidades rurais.

A pesquisadora Cláudia de Lima Nogueira, doutoranda do programa de pós-graduação em Recursos Florestais, explica que o bambu precisa ser beneficiado para ser empregado na construção com as mesmas aplicações da madeira. Para ela, é importante que haja essa transferência de tecnologia das universidades para as comunidades e o setor produtivo.

Inicialmente, o projeto pretendia analisar a resistência de vigas estruturais feitas de bambu laminado e colado. Agora os pesquisadores também estudam a microestrutura da matéria-prima e do produto. Assim, pretende-se explicar as características físicas do bambu que alteram a fabricação e a qualidade das vigas, sobretudo no processo de adesão das lâminas.

Para entendê-lo, os pesquisadores fazem análises de amostras e dos produtos em diferentes fases, acompanhando as transformações físicas ou mecânicas. Eles utilizam ensaios mecânicos, microscopia eletrônica de varredura e óptica, raio-X e espectroscopia.

De acordo com a pesquisadora, os resultados estão sendo analisados para estudar a variabilidade das propriedades mecânicas dos produtos para diferenciá-la da variabilidade natural do bambu. Ela explicou que é importante otimizar o processo de produção de vigas e painéis com as lâminas para viabilizar o uso por comunidades carentes rurais.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!