WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Ovinos e caprinos têm alimentação auxiliar durante a estiagem

Utilizando plantas da vegetação da caatinga é possível obter um composto nutritivo e barato para alimentar os animais

A ração é composta por plantas típicas do cerrado, como maniçoba e mandioca.

A época da estiagem é uma preocupação dos pecuaristas brasileiros, principalmente daqueles que moram nas regiões semiáridas do país. Durante esse período, no sertão, os pastos ressecados não servem para nutrir os animais.

“A ocorrência de uma estação seca faz com que seja bastante difícil produzir pasto nutritivo durante o ano todo, levando quase sempre o rebanho a atravessar um período de insuficiência alimentar, portanto, é preciso criar alternativas”, afirma o professor Dr. Edson Ramos de Siqueira, no curso Formação e Manejo de Pastagens para Ovinos, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Por isso, uma pesquisa da Embrapa desenvolveu estratégias para auxiliar criadores de caprinos e ovinos. Utilizando plantas da vegetação da caatinga é possível obter um composto nutritivo e barato para alimentar os animais.

A ração é composta por plantas típicas do cerrado, como maniçoba e mandioca, que são trituradas e armazenadas até o início da seca. De acordo com o estudo, essas espécies são tão nutritivas quanto o pasto comum da região.

“A leucena, outra planta nativa do cerrado, adapta-se muito bem a climas tropicais.  É resistente à seca e produz forragem de alta qualidade nessa época”, acrescenta o professor Siqueira, especialista em ovinos.

O importante é balancear os alimentos ricos em energia com aqueles mais proteicos. Por meio da associação correta, é possível atingir o equilíbrio nutricional e diminuir os custos com a alimentação.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!