WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Nozes podem ser novas aliadas contra o câncer de mama

Estudo afirma que elas são eficientes para combater até tumores em estágio avançado

 

 As nozes podem auxiliar na prevenção e no tratamento do câncer de mama.

As nozes são bem conhecidas por fazerem parte do cardápio natalino, mas poderiam estar presentes na mesa o ano inteiro. São oleaginosas muito nutritivas, ricas em ômega 3 e vitamina E, ajudando a controlar a pressão arterial, a reduzir o colesterol e nos processos de cicatrização. Tais benefícios já seriam suficientes para incluí-las mais vezes na dieta. Recentemente um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade Marshall, nos Estados Unidos, mostrou que as nozes também agem na prevenção e no combate ao câncer de mama.

A pesquisa foi feita com dois grupos de roedores. Um deles recebeu o equivalente a 56g de nozes para um ser humano e o outro não. Os animais que ingeriram o alimento ou não desenvolveram a doença ou tiveram tumores muito reduzidos em comparação aos outros, que receberam a alimentação comum. Alguns comeram as nozes apenas depois do diagnóstico da doença e elas reduziram bastante o tamanho dos tumores.

A pesquisadora Elaine Hardman afirmou que a vitamina E e o ômega 3 juntos podem ter agido contra o desenvolvimento do câncer. Mas, sozinhos, nenhum deles obteve o mesmo resultado. Segundo ela, provavelmente apenas quando combinadas essas substâncias possuem efeito.

No entanto, apesar de animadora, a pesquisa apresenta um detalhe contra. A quantidade recomendada é de 14 nozes por dia, enquanto que os nutricionistas sugerem de 6 a 10 unidades no máximo. Isto porque elas são bem calóricas e as gorduras poli-insaturadas podem até diminuir as taxas do lipídeo que retira colesterol do sangue, o HDL. Mas a autora da pesquisa garante que as cobaias não tiveram aumento de peso ou complicação.

Sendo assim, a melhor solução apontada pelos nutricionistas e pela pesquisadora é ingerir pequenas porções de nozes ao longo do dia, junto com outros alimentos, desde que evitadas no período noturno, já que as oleaginosas exigem muito mais do sistema digestivo. Os nutricionistas afirmam que outros alimentos do mesmo grupo possuem a mesma ação, como avelãs, amêndoas e castanhas.

Por: Maria Clara Corsino.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis Aprenda a Fazer o Autoexame das Mamas

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!