Nossa homenagem a todos os tipos de mãe

O Dia das Mães é comemorado em reconhecimento pela luta e força de muitas mulheres, que fazem tudo por seus filhos e suas filhas

Tipos de mães

Nesse domingo, dia 8 de maio, todos comemoramos o Dia das Mães. A data foi aprovada oficialmente, pela primeira vez, em 8 de maio de 1914, como homenagem a uma mulher que trabalhou na Guerra Civil norte-americana. No Brasil, o dia comemorativo tornou-se oficial, em 1932, no governo de Getúlio Vargas. Mas somente em 1947, a Igreja católica incluiu a data comemorativa em seu calendário.  

Desde então, ano após ano, o amor materno é lembrado, em reconhecimento pela luta e força de muitas mulheres, que fazem tudo por seus filhos e suas filhas - cada uma à sua maneira. Por isso, nossa homenagem a todos os tipos de mãe: a guerreira, a sensível, a protetora, a durona, a divertida, a graciosa.

Não é por acaso que o cinema americano e a TV brasileira retratam muito bem as mães e suas crias. Podemos citar a atriz Brenda Fricker, que representou a Sra. Brown no drama “Meu Pé Esquerdo”. No papel, ela interpreta a mãe guerreira e protetora de Christy Brown (Daniel Day-Lewis), que nasce com paralisia cerebral.

Já no filme “Um Sonho Possível” - ganhador do Oscar 2010, Sandra Bullock interpreta o papel de Leigh Anne Tuohy, mulher da alta sociedade, que adota um garoto negro, filho de mãe viciada. No drama, Bullock é exemplo do amor altruísta e incondicional, que direciona o jovem sofrido a uma vida plena de vitórias.

No México, temos o ícone da mãe protetora, a divertida Dona Florinda, que não mede esforços para defender seu filho Quico. Para protegê-lo, não pensa em si mesma. Se ele é ameaçado, é capaz de virar uma leoa. Seu Madruga que o diga!

Outra mãe de destaque é a dramática Dona Armênia, da novela “Rainha da Sucata”. Mesmo seus filhos sendo três marmanjos, cuida deles como se ainda fossem bebês. Se eles tentam alçar voo, ela faz drama, desmaia, chama toda a atenção para trazê-los de volta. Amorosa, mas extremamente possessiva, Dona Armênia só quer manter sua cria por perto.

Já a personagem Maria do Carmo, da novela “Senhora do Destino”, é o exemplo de mãe guerreira, forte, resiliente. Abandonada pelo marido, luta para criar seus quatro filhos e é capaz de conquistar tudo por eles.  

Independentemente do tipo de mãe, todas merecem ser homenageadas e tratadas como rainhas, não somente no Dia das Mães, mas dia após dia. Por isso, a todas as Florindas, Armênias e Marias o Grupo CPT deseja um dia pleno de alegria e plenitude.

Feliz Dia das Mães!

Por Andréa Oliveira.

Fontes: Correio de Uberlândia e UOL TV & Famosos.

 

Salvar

Cursos Relacionados

Curso Capacitação de Manicure e Pedicure Curso Capacitação de Manicure e Pedicure

Com Prof.ª Mitsue Watanabe

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Depilação Feminina e Masculina Curso Depilação Feminina e Masculina

Com Prof.ª Mitsue Watanabe

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Profissional de Maquiagem Curso Profissional de Maquiagem

Com Prof.ª Juliana Cardoso

R$ 498,00 à vista ou em até 12x de R$ 41,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade