WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Normas para a produção de alimentos orgânicos

As normas contribuem para o desenvolvimento do país e aumentam a confiança do consumidor.

 

Na agricultura orgânica não são utilizados produtos químicos. O sistema adere aos princípios da agricultura sustentável.

Na agricultura orgânica não são utilizados produtos químicos. O sistema adere aos princípios da agricultura sustentável, e não aplicando nada que deixe resíduos prejudiciais ao meio ambiente. O Mapa - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, publicou no Diário Oficial da União, duas instruções normativas que regulamentam a produção de cogumelos comestíveis, sementes e mudas em sistemas orgânicos de produção.

As normas publicadas determinam as características do solo, da madeira, da água e do controle de pragas. Os produtores de sementes também precisam seguir as normas de produção, beneficiamento, embalagem e transporte presentes na instrução.

O professor Joe Carlo Valle, do curso Como Tornar sua Fazendo Orgânica desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, afirma que estas regras contribuem para o desenvolvimento da produção no país. Além de aumentar a confiança do consumidor que busca pela saúde e qualidade de vida que oferece os produtos.

Com as novas regras, os produtores puderam certificar-se e conseguir o selo do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (Sis Org) do Mapa. O selo será usado para identificar e controlar a produção de orgânicos.

Rogério Dias, coordenador de agroecologia do Ministério da Agricultura,  afirma que as regras poderão servir para estimular o hábito de consumo do cogumelo. Esse hábito é considerado por Rogério como grande fonte de proteínas e ótima alternativa alimentar para quem não ingere proteína animal.

A Portaria n° 1.035 esclarece, ainda, que só podem ser comercializados, armazenados e transportados produtos orgânicos com registros que garantam a sua rastreabilidade e controle.

Por: Virgínia Maria de Araújo

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!