WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Mistura de etanol à gasolina deve voltar a 25%

Porcentagem atual de 20% deve subir em maio do ano que vem

 

Para aumentar a produção de etanol, serão necessárias cerca de 25 bilhões de toneladas de cana.

Os líderes das principais entidades do setor sucroenergético estão animados com uma safra melhor para 2013/2014. Por isso, eles acreditam que em maio de 2013 o governo deve anunciar o aumento da porcentagem de etanol anidro adicionado à gasolina, dos 20% atuais para 25%, a mesma que vigorava até 2010.

Os produtores acreditam que o aumento da produtividade dos canaviais brasileiros também deva servir como incentivo para o Ministério de Minas e Energia (MME) aumentar a participação do etanol na mistura com a gasolina. O presidente interino da União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Unica), Antônio de Pádua Rodrigues, acredita que o ministério deve fazer o anúncio depois da divulgação das primeiras estimativas oficiais sobre a produção de cana.

Para Pádua, os resultados da próxima safra devem assegurar a decisão em caráter definitivo. Ele destacou que os investimentos de cerca de R$ 3,4 bilhões realizados nesta safra para a renovação de mais de 40% dos canaviais já estão dando resultados. A produtividade voltou a crescer depois de cinco safras de quedas consecutivas. Atualmente, a produtividade é de aproximadamente 74 toneladas por hectares. A expectativa do setor é de que até o ano que vem suba para 80 toneladas por hectare.

Para a safra 2012/2013, a produção de etanol anidro está estimada em 8,3 bilhões de litros. Segundo o consultor Plínio Nastari, da Datagro Consultoria, em entrevista ao Globo Rural, a volta aos 25% de etanol anidro adicionado à gasolina alteraria bastante o setor produtivo, pois a demanda exigiria 24 a 25 milhões de toneladas de cana-de-açúcar para produzir cerca de 2 bilhões de litros de etanol.

Por: Maria Clara Corsino.

Fonte: Globo Rural.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!