WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

#fiqueemcasa Vamos nos unir nessa corrente: só o conhecimento constrói o amanhã!

Mingau de milho verde é uma boa receita para começar o inverno

O mingau também é conhecido como papa de milho e é feito com leite, massa de milho verde, açúcar, sal e canela

O uso das receitas com milho verde se intensificam no mês de junho, por causa das festas juninas.

Receitas da terra, comida caipira, não importa o nome. Quando um alimento leva milho verde é difícil encontrar alguém que não se apaixone. O perfeito entrosamento entre os índios, negros e portugueses na colonização fez com que a culinária brasileira ganhasse em temperos e na utilização de diversificados ingredientes.

O uso das receitas com milho verde se intensificam no mês de junho, por causa das festas juninas. O mingau, por exemplo, pode ser servido como sobremesa ou no café da manhã, com uma fatia de queijo.

Também conhecido como papa de milho e cural, o mingau é feito com leite, massa de milho verde, açúcar, sal e canela. No entanto, na riqueza cultural e de vegetações típicas de algumas regiões desse extenso país, a receita pode ter algumas alterações, como o acréscimo de coco, creme de leite, requeijão, queijos, temperos diversos, entre outros.

Para fazer a receita tradicional com rendimento de 30 porções de 250 ml é preciso: 6 litros de leite, 3 kg de massa de milho verde, 2 kg de açúcar, uma colher de chá de sal e canela em pó a gosto. O preparo é simples, como explica a professora e nutricionista Marli Cambraia, no curso Processamento de Milho Verde, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas em parceria com a Emater – MG.

Comece a elaborar o doce com o corte do pé e da ponta das espigas, descascando e retirando os cabelos. Após ralar e medir a massa de milho, acrescente o leite e coe. Adicione o sal e o açúcar. Para terminar, leve essa mistura para cozinhar em fogo baixo, mexendo até levantar fervura. O mingau pode ser servido quente ou frio.

Uma dica da professora Cambraia é despejar a sobremesa ainda quente nos potes, tampando-se logo em seguida. “Vire-os de boca para baixo assim que inserir o creme, para esterilizar as tampas”, ensina Cambraia. Os potes devem ser higienizados em solução de 200 ppm de cloro ativo, ficando mergulhados por 10 minutos.

Por: Ariádine Morgan

Curso CPT - Processamento de Milho Verde

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!