Mangalarga é usado no turismo rural

Para 2010, a estimativa de crescimento é de 12% para a utilização do cavalo pelos turistas

Altamente adaptado no estado de São Paulo, o animal tem avançado para a região Centro-Oeste e sul do Pará.

Com o crescimento do turismo rural e dos eventos de cavalgadas no Brasil, o cavalo mangalarga assumiu posição de destaque no mercado. Muito utilizado nos esportes e no trabalho nas fazendas, o rebanho brasileiro possui aproximadamente 200 mil animais, sendo que no último ano obteve uma expansão de 15%.

Para 2010, a estimativa de crescimento é de 12% para a utilização do cavalo pelos turistas. De acordo com o Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural (Idestur), o desenvolvimento médio da atividade no país chega a 30%, movimentando 2,4 milhões de turista em 500 empreendimentos rurais.

Para o professor Fábio M. Hosken, no curso Como Implantar o Turismo Rural em sua Fazenda, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “o turismo rural surge como forma alternativa de renda, um negócio que proporciona aos proprietários manter seu negócio produtivo, além de gerar empregos à população local. Também desperta a consciência e compreensão ecológica, transformando-a, de forma espontânea, em agentes conservadores da natureza”.

Altamente adaptado no estado de São Paulo, o animal tem avançado para a região Centro-Oeste e sul do Pará. Pela topografia desses locais, o cavalo ajustou com facilidade sua passadas. Ele também tem como característica o temperamento dócil, amigável e facilidade de aprender.

De acordo com o professor Dr. Haroldo Leal Vargas, médico veterinário e especialista em clínica de equinos, essa raça tem as mesmas origens do mangalarga marchador. “No século XIX, alguns portugueses selecionaram cavalos de maior porte e que tivessem maior habilidade no galope, atendendo às necessidades de terem animais ágeis para caçadas. Foram introduzidos sangue de outras raças, entre elas o PSI, resultando em um andamento diferenciado”, explica o professor no curso Como Comprar Cavalos, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas.

Como esses animais tiveram maior intensidade de seleção por criadores paulistas, é também conhecido como mangalarga paulista, para facilitar a diferenciação do mangalarga marchador.

Por: Ariádine Morgan

Cursos Relacionados

Curso Como Implantar o Turismo Rural em sua Fazenda Curso Como Implantar o Turismo Rural em sua Fazenda

Com Prof. Fábio Hosken

R$ 378,00 à vista ou em até 12x de R$ 31,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos Curso Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos

Com Prof. Dr. Haroldo Vargas

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Como Comprar Cavalos Curso Como Comprar Cavalos

Com Prof. Dr. Haroldo Vargas

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade