WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Manejo de pastagem na criação de ovinos

O hábito de pastejo desses animais tem grande influência na escolha da gramínea a ser plantada ou utilizada

Os ovinos são hábeis em transformar fibras vegetais em proteína animal.

Os ovinos são hábeis em transformar fibras vegetais em proteína animal.

As pastagens constituem a principal e mais econômica fonte de nutrientes para os ruminantes. Essa tem sido uma vantagem comparativa para o Brasil, que avançou muito no mercado mundial de carne e leite nas últimas décadas. Isso aconteceu porque o país tem desenvolvido e aplicado tecnologias que permitem maior aproveitamento do potencial das pastagens.

Por serem ruminantes, os ovinos são hábeis em transformar fibras vegetais em proteína animal. O animal pode ser criado quase totalmente em regime de pasto, desde que seja de boa qualidade e bem manejado.

O professor do curso de Instalações para Ovinos, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, D.Sc. Luis Matos, afirma que as ovelhas e os carneiros podem permanecer o ano todo no pasto, 24h por dia, se não houver problema de predação na propriedade. No entanto, é importante disporem de água pura em abundância, sal mineral, além de sombra, que é fundamental para a eficiência reprodutiva do rebanho.

Matos também ensina, no curso do CPT, que a escolha de uma forrageira adequada, adaptada à região, é um dos fatores de grande importância para o sucesso da formação de pastagens cultivadas. “Particularmente para os ovinos, é necessário atenção, quanto a uma particularidade: o seu hábito de pastejo, que é diferente do hábito dos bovinos e, por isso, tem grande influência na escolha da gramínea a ser plantada ou utilizada para alimentação desses animais”, acrescenta o professor.

Os ovinos têm como principal característica de seu pastejo o corte da forrageira com os dentes. Sua estrutura bucal e maxilar determina uma grande seletividade e alta capacidade de apreensão de forragem. Indica também que os ovinos pastejam rente ao solo, em altura mínima bem inferior à conseguida pelos bovinos. A altura mínima indicada para os ovinos é de cinco centímetros, enquanto para os bovinos, é de vinte.

Por: Ariádine Morgan

Curso CPT - Instalações para Ovinos

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!