Justiça determina bloqueio do aplicativo WhatsApp em todo o Brasil

O app teve seu serviço suspenso por 48 horas a partir da 0h de hoje, 17/12/2015

Aplicativo WhatsApp

 

As operadoras brasileiras de telefonia celular receberam, nesta quarta-feira (16/12/15), uma determinação judicial para bloquear o funcionamento do WhatsApp, em todo o país, por 48 horas, a partir da 0h desta quinta-feira (17/12/15), informou o jornal Folha de S. Paulo.

O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil) informou que as empresas irão cumprirão a decisão, sob pena de multa pela Justiça de São Paulo. A decisão foi tomada pela 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo. O autor da ação não teve sua identidade revelada.

Mark Zuckerberg, presidente-executivo e cofundador do WhatsApp, usou sua página oficial no Facebook, para criticar a decisão judicial, que suspendeu o aplicativo WhatsApp no Brasil, durante 48 horas. O texto afirma que é um "dia triste" no país e a decisão afeta "mais de 100 milhões de usuários". Veja o comentário dele na íntegra.

"Estou chocado que nossos esforços em proteger dados pessoais poderiam resultar na punição de todos os usuários brasileiros do WhatsApp pela decisão extrema de um único juiz. Esperamos que a justiça brasileira reverta rapidamente essa decisão. Se você é brasileiro, por favor, faça sua voz ser ouvida e ajude seu governo a refletir a vontade do povo. #ConectaBrasil #ConecteoMundo"

Alternativas para o bloqueio do WhatsApp

- Facebook Messenger: Ligado diretamente à rede social, o Messenger pode ser usado como um app à parte. Funciona como bate-papo para mensagens de texto, voz e emotions. (messenger.com)

- Hangouts: Inicialmente vinculado ao Google+, o Hangouts hoje em dia pode ser usado por quem não tem perfil na rede social. Mas é preciso, sim, ter conta no Google. Criado como bate-papo, agora permite envio de SMS. Dá para conversar em grupos de até cem pessoas, trocar fotos, emotions e GIFs, por exemplo. Além disso, o Hangouts faz videochamadas, tanto entre duas pessoas como entre grupos de até dez pessoas. Permite ainda sincronizar dispositivos e está disponível nas versões Android, iOS e Web. (hangouts.google.com/)

- Skype: O forte do Skype são conversas em vídeo, mas serve para trocar mensagens de texto também. Pertencente à Microsoft, o Skype pode ser usado no telefone, no computador ou em uma TV com o programa instalado. Dentre os recursos que oferece, e que não estão disponíveis no WhatsApp, está a tradução simultâneas do português para outros seis idiomas e a possibilidade de se fazer vídeoconferência. (skype/pt-br)

- Telegram: Com funções semelhantes às do WhatsApp, o Telegram serve para troca de mensagens de texto, foto e vídeo. A vantagem é que permite ainda o envio de arquivos de qualquer tipo (doc, zip e mp3, por exemplo). Outra diferença com relação ao WhatsApp, segundo o próprio Telegram, é que o usuário pode "acessar suas menagens de vários dispositivos ao mesmo tempo, incluindo tablets e computadores, além de compartilhar um número ilimitado de fotos, vídeos e arquivos de até 1,5 GB cada". (telegram.org/)

- Viber: O Viber serve tanto para mensagens de texto quanto para ligações telefônicas para outros usuários do aplicativo. É via internet, ou seja: funciona pelo WiFi ou 3G e 4G (e, neste caso, o usuário está sujeito à cobrança da operadora).  (viber.com/pt/)

Por: Ana Carolina dos Santos.

Fontes: Veja, Folha de São Paulo, Jornal O Globo, G1 - Globo.

 

Salvar

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Cursos Relacionados

Curso Programação PHP Curso Programação PHP

Com Prof. Allan Guerreiro Carneiro

R$ 486,00 à vista ou em até 12x de R$ 40,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Desenvolvimento de Sites - Parte 1 - HTML Curso Desenvolvimento de Sites - Parte 1 - HTML

Com Prof. Sérgio dos Santos

R$ 486,00 à vista ou em até 12x de R$ 40,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Desenvolvimento de Sites - Parte 3 - JavaScript Curso Desenvolvimento de Sites - Parte 3 - JavaScript

Com Prof. Sérgio dos Santos

R$ 486,00 à vista ou em até 12x de R$ 40,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade