WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Cursos da Área Curso Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo Curso Fabricação de Ração na Fazenda Curso Planejamento Alimentar em Sistema de Pastejo - Para Gado de Leite e Corte Curso Alimentação de Vacas Leiteiras em Pasto e em Confinamento Curso Enquanto o Veterinário Não Chega - Atendimento a Bovinos Curso Produção de Leite em Pasto Curso Prevenção e Controle de Mastite Curso Pastoreio de Lotação Rotacionada para Gado de Leite e Corte Curso Melhoramento Genético de Gado de Leite Curso Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto Curso Como Produzir Mais Leite e Mais Bezerras Curso Bezerras de Raças Leiteiras - Do Nascimento ao Desaleitamento Curso Conforto Animal para Maior Produção de Leite Curso Cana Ureia - Alimento de Baixo Custo para Bovinos Curso Sistema Superintensivo de Produção de Leite em Pasto Curso Ordenha Mecânica Curso Shamballah - O Segredo da Alta Produtividade Leiteira Curso Produção de Leite em Confinamento Curso Controle de Carrapato, Berne e Mosca-dos-Chifres Curso Recria de Novilhas para Produção de Leite Curso Formação e Manejo de Capineira Curso Sistemas Silvipastoris - Consórcio de Árvores e Pastagens Curso Criação de Bezerros de Raças Leiteiras para Corte Curso Manejo Homeopático para Gado de Leite Curso Pastejo Rotativo em Capim-Elefante Curso Produção de Leite Orgânico Curso Pastoreio Voisin para Gado de Leite Curso Vacas Meio-Sangue para Produção de Leite Curso Manejo Sanitário de Bovinos para Produção Orgânica de Leite Curso Avaliação, Julgamento e Preparo de Vacas Leiteiras para Eventos Curso Produção de Vitelos Áreas Afins 30Gado de Corte 17Pastagens e Alimentação Animal Depoimentos dos Alunos Alunos de Sucesso Depoimentos Publicações TV Cursos CPT Artigos Notícias Dicas Cursos CPT Entretenimento Beirada de Fogão Melhores Filmes do Cinema Reflexões

Investir em produtividade é mais vantajoso que expandir o rebanho leiteiro

Para que o produtor rural consiga o mesmo percentual de produção, ele deve investir 89,7% em alimentação, higienização e mão-de-obra, ou 178% na ampliação do plantel

O pecuarista deve considerar que investir em produtividade tende a trazer melhoria na qualidade do leite e aumento na escala do produtor.

Se o pecuarista optar por ampliar o rebanho leiteiro para obter uma produtividade de 15 litros diários por vaca, que é o volume máximo, ele precisará gastar 46,7% a mais do que se investir em ganho de produção. Essa foi a conclusão divulgada pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

O relatório apresenta os ganhos ambientais ao indicar que a expansão do plantel, que tem como um dos efeitos o aumento das áreas de pastagem, é menos lucrativa do que elevar a produtividade com a mesma quantidade de vacas. A análise foi realizada em regiões de Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

Segundo o estudo, se o produtor rural aumentar os gastos em 89,7%, investindo principalmente em alimentação, higienização e mão-de-obra, terá um ganho de produção de 87,6%. Se utilizar a estratégia de ampliar o rebanho, o pecuarista gastará 178,2% a mais que o custo atual para obter a mesma produção.

O pesquisador da Embrapa Gado de Leite, Dr. Ademir de Moraes Ferreira, acredita que para que a produção de leite seja mais econômica e competitiva, o único caminho é o aumento da produtividade. No curso Técnicas Simples para Produzir mais Leite e mais Bezerros, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produção Técnica, ele diz que “ isso exige uma reformulação de conceitos ultrapassados e um novo enfoque da assistência técnica, atualmente mais voltada para o aspecto curativo. A maioria dos produtores desconhece a validade e a maneira de realizar um efetivo controle sanitário, bem como as técnicas de manejo e os cuidados com a alimentação, procedimentos indispensáveis à melhoria da eficiência na atividade leiteira”.

No boletim, a CNA ainda ressalta que o pecuarista deve considerar que investir em produtividade “tende a trazer também melhoria da qualidade do leite e ainda aumentar a escala do produtor. Assim, o aumento do volume de leite entregue a cooperativas e laticínios pode também proporcionar um preço mais elevado. O ganho em receita, na prática, seria superior aos 88,1%”.

Por: Ariádine Morgan

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!