WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Indústria do etanol precisa de 130 bilhões em investimentos até 2020

Presidente da associação do setor afirmou que é preciso investir para aumentar a oferta de biocombustíveis

 

Segundo presidente de associação, é preciso invetir nos canaviais para retomar a oferta de etanol. Foto: reprodução.

Um levantamento da consultoria Datagro constatou que o consumo de etanol caiu 30% por causa dos preços altos, perdendo espaço para a gasolina. Na maior parte do Brasil, o preço do álcool combustível não compensa. Isso porque está havendo envelhecimento e grandes perdas nos canaviais, além da preferência das usinas em produzir açúcar, que tem obtido melhores preços no mercado internacional.

O presidente interino da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Antônio de Padua Rodrigues, defendeu que o setor precisará de investimentos de cerca de R$ 130 bilhões nos próximos 8 anos para aumentar a oferta de etanol no Brasil. Segundo ele, esse valor seria suficiente para que o álcool respondesse por 50% da matriz energética brasileira, usando cerca de 300 milhões de toneladas de cana-de-açúcar a mais do que hoje.

Um montante de 300 milhões a mais representa mais da metade do que é processado pela região Centro-Sul. Aproximadamente 45% da cana que será moída na safra 2012/2013 deve ser usada para a produção de açúcar. Caso a produção de etanol aumentasse, o preço abaixaria nos postos de combustíveis, fazendo retomar o consumo.

De acordo com Padua, para que se consiga chegar a um cenário no qual o etanol responda por metade da matriz energética brasileira até 2020, os recursos precisariam ser contratados a partir de 2013 até 2016. Esses investimentos incluem apenas a fabricação de etanol anidro, hidratado e energia, não contando outros adicionais para a produção e a exportação de açúcar.

A capacidade de moagem no Brasil é de quase 700 milhões de toneladas, que não está sendo aproveitada. Devido à baixa produção de etanol, 14 usinas pararam de operar na região Centro-Sul. No entanto, em outros anos, o combustível chegou a faltar no mercado por causa da grande demanda.

Por: Maria Clara Corsino.

Fonte: Reuters.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Quer mudar de vida e ter sucesso profissional? Vamos te ajudar!

Precisa de ajuda?