Funcionamento da impressora a laser

Os constituintes dessa impressora são simples, mas a parte eletrônica é de alta tecnologia

 

A impressão a laser integra diversas tecnologias.

 

As impressoras a laser, embora sejam conhecidas por esse nome, na verdade se chamam impressoras de página. Isso porque, primeiramente, armazenam em sua memória uma página inteira e só depois a imprimem. Elas revolucionaram o mercado e, até mesmo, a reprodução gráfica, tanto em qualidade quanto em velocidade de impressão.

São de constituição mais simples que os outros sistemas, como os a jato de tinta e os matriciais, pois a parte mecânica possui menos peças. No entanto, a parte eletrônica é mais avançada e de alta tecnologia. Os principais componentes de qualquer impressora a laser são a unidade fusora e o sistema de placas de gerenciamento. Também fazem parte do sistema, a tração e transporte de papel, a unidade de laser e cartucho de toner.

De acordo com o professor Marcos Jerônimo do Santos, no curso Manutenção de Impressoras a Laser, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “a impressão a laser integra diversas tecnologias, as quais são coordenadas para produzir uma página impressa. O processo de formação de imagem centra-se em torno do cilindro fotossensível que se encontra dentro do cartucho eletrofotográfico e consiste de estágios progressivos”.

O professor, que é especialista em manutenção de equipamentos de informática e leciona no Sebrae, explica o funcionamento do equipamento. Primeiro, a superfície do cilindro é preparada para seguir uma imagem por meio de um processo físico e elétrico de limpeza. Antes de formar a imagem para uma dada seção a ser impressa, o toner deixado em uma rotação precedente precisa ser removido da superfície do cilindro. Isso é realizado por uma lâmina de limpeza feita de borracha, a qual retira o toner do cilindro e o joga na cavidade da seção de limpeza.

No estágio da impressão a laser no cilindro,  um raio laser é usado para romper a carga eletrostática de sua superfície, em pontos selecionados pela focalização da luz do laser, provocando a descarga do potencial desses pontos, nos quais fica impressa, uma imagem invisível. No quarto estágio, a imagem eletrostática invisível torna-se visível sobre a superfície do cilindro, devido à transferência do toner do rolo de alimentação, para as áreas descarregadas do cilindro fotossensível.

No processo de revelação da imagem ou de transferência da impressão do cilindro para o papel, o toner é atraído para a superfície do cilindro e assume a forma da imagem latente eletrostática.  E, finalmente, ocorre a fusão do toner no papel, produzindo a imagem.

Cursos Relacionados

Curso Manutenção de Impressoras a Laser Curso Manutenção de Impressoras a Laser

Com Prof. Marcos Jerônimo

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Recondicionamento de Cartucho de Tinta Curso Recondicionamento de Cartucho de Tinta

Com Prof. Marcos Jerônimo

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Eletrônica Aplicada à Informática - Módulo Básico Curso Eletrônica Aplicada à Informática - Módulo Básico

Com Prof. Marcos Jerônimo

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Instalação de Redes sem Fio (Wireless) Curso Instalação de Redes sem Fio (Wireless)

Com Prof. Dr. Marcilio Bergami

R$ 448,00 à vista ou em até 12x de R$ 37,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade