Criação de peixes passa por três fases

Alevinagem, recria e engorda constituem os três sistemas de produção de peixes

Na fase da alevinagem, utilizam-se matrizes selecionadas e de alto potencial genético e reprodutivo.

Na fase da alevinagem, utilizam-se matrizes selecionadas e de alto potencial genético e reprodutivo.

O cultivo de peixes é constituído de três etapas, a alevinagem, a recria e a engorda. Para cada uma delas é necessário o conhecimento correto e o manejo adequado dos peixes, pois elas constituem um tipo específico de piscicultura. Atualmente, é recomendado que cada fase seja executada em processos diferentes, pois as atuais técnicas de cultivo já alcançaram um nível que permite a separação com maior eficiência.

A alevinagem refere-se à produção dos alevinos, os filhotes de peixes. Esse são comercializados para outra piscicultura depois de passarem por um treinamento alimentar, que os deixa aptos a ingerirem ração farelada ou balanceada, quando atingem o peso ideal . Isso facilita o início da recria e a condução da engorda, que são realizadas em outras etapas. Nessa fase, utilizam-se matrizes selecionadas e de alto potencial genético e reprodutivo.

Segundo o professor José Eduardo Aracena Rasguido, no curso Criação de Peixes, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “para otimizar a produção, é importante que a maioria dos alevinos sejam machos, pois, dessa maneira, a capacidade do viveiro não será ultrapassada, como acontece em criações mistas. Por isso, nos criatórios especializados, as larvas passam por um processo chamado de reversão sexual,  que consiste em oferecer hormônios masculinizantes às mesmas. Isso garantirá que mais de 95% dos alevinos comercializados sejam machos”.

Depois que os filhotes atingem o tamanho ideal para comercialização, eles são cultivados na segunda fase do processo, até se tornarem peixes juvenis. Esse estágio pode ser feito de duas formas. De maneira independente, especializada apenas em recriar alevinos, quando são comercializados para a próxima piscicultura, ou em conjunto com a terceira fase do processo, que é a engorda.

Essa última consiste em cultivar os peixes juvenis em outros ambientes, até atingirem o ponto de comercialização. A prática da piscicultura de engorda, separada da anterior, só existe quando é possível adquirir esses peixes de uma criação especializada na recria de alevinos.

Cursos Relacionados

Curso Criação de Tilápias Curso Criação de Tilápias

Com Prof. Dr. Manuel Vazquez JR

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

TADEU CARDOSO DO VALE

26 de fev de 2019

Tenho tanque escavado e recentemente coloquei alevinos! Gostaria de saber o período ( o tempo necessário ) que tenho que dar ração na fase de crescimento e depois a fase de engorda?

Resposta do Portal Cursos CPT

27 de fev de 2019

Olá, Tadeu!

Obrigada por sua visita e comentário em nosso site. Para maiores informações, sugerimos que entre em contato com um especialista da área.

Atenciosamente,

Lorena Tolomelli

kellen cristina cruz de oliveira

19 de set de 2014

Cuide bem dos peixes eles são bem legais.

Resposta do Portal Cursos CPT

19 de set de 2014

Olá, Kellen!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ficamos felizes com o seu comentário.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

FRANCISCO ANTONIO DA SILVA

26 de abr de 2014

Solicito informações como iniciar a criação de peixes em suas respectivas variedades. Exemplo: Tilápias, tambaquis e etc.

Resposta do Portal Cursos CPT

29 de abr de 2014

Olá, Francisco!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Ambiente - O ideal é manter no viveiro a quantidade proporcional de um peixe por metro quadrado (com sistema de aeração noturna, dobre o volume). Por precaução, compense mortes com a adição de 20% a mais. Corrija o pH da água, mantendo-o em 7. Use calcário dolomítico e, após uma semana, inicie a adubação com composto orgânico. Verifique se a água tem transparência por profundidade de 60 centímetros.

Estrutura - Os tanques devem ser escavados em solo firme, podendo ser de alvenaria, de fibra ou de chapa galvanizada. Instale um monge ou um cotovelo articulado para o escoamento da água pelo fundo do tanque. Assim, sobras de ração, excrementos e outros resíduos não se acumularão por lá. São necessárias obras de terraplanagem, tubulação e licença ambiental. Uma alternativa são os tanques-redes, que podem ser colocados em lagos, açudes e rios.

Alimentação - Onívoros, eles comem de tudo. Gostam de alimentos naturais presentes no meio aquático, mas aceitam ração, o que acelera o crescimento.

Reprodução - A partir dos quatro meses de idade há fêmeas prontas para a reprodução. A desova ocorre mais de quatro vezes no ano, mas quando criadas em regiões mais quentes, elas desovam durante todo o ano. Os ovos seguem protegidos na boca das tilápias até a eclosão, quando nascem de 800 a mil peixes.

Reversão - O começo da criação pode ser facilitado com a compra de machos revertidos. A técnica foi desenvolvida para aproveitar a velocidade de crescimento do exemplares masculinos, duas vezes maior que o das fêmeas. Feita em laboratórios na fase de ova, a reversão sexual mistura hormônio masculino com a ração para os alevinos.

Água - Recomenda-se manter fluxo constante de entrada de água no tanque. A produção rende mais e não diminuem os níveis de oxigênio dissolvido. Evita o acúmulo de detritos, a ocorrência de doenças e a mortalidade.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Leonel Casara Teixeira

10 de out de 2013

Estou comprando alevinos de 8 a 10 para colocar em um açude onde tem lambaris, corro o risco de ter prejuízo?? ateh que tamanho de peixe o lambari come?

Resposta do Portal Cursos CPT

15 de out de 2013

Olá, Leonel!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Os lambaris não dão muito trabalho com a alimentação, pois são onívoros, ou seja, comem de tudo. Gostam de vegetais, desovas e larvas de outros peixes, insetos, crustáceos, sementes, flores, frutas e algas. Também não dispensam rações balanceadas.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Licia Lima Ramos

5 de mar de 2013

Gostaria de saber onde comprar hormônio para reversão sexual da tilápia.

Resposta do Portal Cursos CPT

6 de mar de 2013

Olá, Licia!

Agradecemos sua visita e seu comentário em nosso site.

Recomendamos que realize uma pesquisa nos mecanismos de busca da internet, como o Google, para encontrar fornecedores do hormônio de reversão sexual da tilápia. Dê preferência aos que se encontram mais próximos à sua região, a fim de reduzir custos com transporte.

Atenciosamente,

Natália Parzanini Brum

herley almeida silva

26 de dez de 2012

Gostaria de saber , como faço para criar peixe. Qual é o peixe ideal, para açude ou tanque? Como posso começar? E onde achar filhote? O clima onde eu quero cria é meio frio, qual é o tipo de peixe ideal?

Resposta do Portal Cursos CPT

28 de dez de 2012

Olá, Herley!

Para mais informações sobre o curso nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Paulo Cesar

22 de nov de 2012

Gostaria de iniciar um trabalho de criação de peixes para engorda para abater em até 08 meses.

Resposta do Portal Cursos CPT

14 de dez de 2012

Olá, Paulo César!

Agradecemos sua visita e seu comentário em nosso site.

O Brasil é, reconhecidamente, um país de grande potencial para a piscicultura. Atualmente, além de produzir peixes para atender uma grande parcela da demanda interna, também exporta peixes , principalmente a tilápia, para s Estados Unidos, e existe também uma boa expectativa de que logo esteja exportando também para a Europa.

Hoje, a grande maioria dos produtores já se conscientizou da necessidade de modernizar e ampliar o sistema produtivo, o que vem contribuindo, significativamente, para o sucesso dessa atividade em várias partes do Brasil.

Para você, que busca uma produção em um tempo considerado curto, recomenda-se atenção e cuidado especial no manejo dos peixes na fase de engorda.

Nessa fase, o processo de alimentação deverá ser feito de tal forma que, a partir do quarto dia que os peixes saíram do viveiro de recria dos alevinos, a ração farelada tenha sido totalmente substituída pela extrusada, específica para cada espécie, o que deverá ser feito da seguinte maneira:

 

a) Primeiro dia: deve-se fornecer 75% da ração farelada e 25% de ração extrusada;

b) Segundo dia: deve-se fornecer 50% de ração farelada e 50% de ração extrusada;

c) Terceiro dia: deve-se fornecer 25% de ração farelada e 75% de ração extrusada;

d) Do quarto dia em diante: deve-se fornecer 100% de ração extrusada.

A quantidade de ração a ser fornecida durante a engorda dos peixes deverá ser determinada em função:

 

a) da espécie de peixe cultivada;

b) do número de peixes existentes em cada viveiro;

c) da temperatura da água;

d) do pesa médio dos peixes.

Cada espécie necessita de determinado tempo para completar a fase de engorda. No caso das tilápias, é preciso de, aproximadamente, quatro meses e meio, enquanto para o surubim, esse tempo varia entre dezoito e vinte meses. Esse período de tempo é suficiente para possibilitar o abate das tilápias com um peso médio de 400 gramas e os surubins com dois quilos a dois quilos e meio.

O CPT – Centro de Produções Técnicas possui cursos na área de piscicultura que podem lhe orientar em sua criação de peixes.

Os artigos publicados em nosso site também podem ser de interesse: Como construir e abastecer tanques de peixes; Criação de peixes pode ser uma excelente alternativa de negócio; Ração para peixes com ingredientes regionais e Comida para peixes é essencial no sucesso da criação.

Qualquer dúvida, entre em contato conosco.

Atenciosamente,

Natália Parzanini Brum

 

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade