Criação de peixes em tanque-rede desponta no quadro de bons negócios

Governo disponibiliza áreas aquícolas nos reservatórios de hidrelétricas mineiras

 

Os peixes, ainda pequenos, são colocados em gaiolas imersas nos reservatórios, alimentados e mantidos em boas condições de manejo.

 

A demanda por consumo de pescado está em alta e o incentivo para o negócio já começa a ser discutido nesta sexta-feira, 14. O estímulo é para a produção em cativeiro, pois essa ainda é pequena em muitas regiões brasileiras, como é o caso do estado mineiro.

A reunião foi convocada pelo MPA - Ministério da Pesca e da Aquicultura, e tem o apoio do governo estadual, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais. O estado irá disponibilizar 62 áreas aquícolas, sendo 17 no reservatório de Três Marias e 45 no reservatório de Furnas, com tamanhos de dois e dez hectares e capacidade de produção mínima anual de 200t/ha.

Produzir peixe em cativeiro, principalmente em tanques-rede, em grandes reservatórios de hidrelétricas, pode ser um bom negócio. A modalidade apresenta alta densidade de estocagem, o que permite aumentar a produtividade. Os peixes, geralmente ainda pequenos (alevinos), são colocados em gaiolas imersas nos reservatórios, alimentados e mantidos em boas condições de manejo. A atividade gera de duas a três safras de pescado por ano.

Segundo o professor e pesquisador Manuel Vazquez Vidal Junior, no curso Criação de Tilápias, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “as espécies de peixes que melhor se adaptam ao cultivo em tanques são as trutas, as tilápias, e os surubins. Cultivando-se qualquer uma dessas três espécies, o piscicultor poderá obter uma produção de até 40 mil quilos de peixes por hectare de área alagada por ano, o que leva o custo de cada quilo de peixe produzido ser consideravelmente reduzido”.

O Brasil, Minas Gerais em particular, têm potencial para expandir a produção de pescado com a aquicultura. O país conta com 13,7% da água doce disponível no planeta e 8,5 mil quilômetros de costa marítima. O estado é conhecido como a “caixa d’água do Brasil”, com 16 bacias hidrográficas e 10.115 km2 de águas represadas.

Já nesses primeiros meses de 2010, o governo federal disponibilizou 563 áreas para a produção de pescado em cativeiro, destinadas a quem ganha até cinco salários mínimos. São 229 no reservatório de Furnas, 163 no de Três Marias, 155 em Tucuruí e 16 em Ilha Solteira.

Por: Ariádine Morgan

Cursos Relacionados

Curso Criação de Tilápias Curso Criação de Tilápias

Com Prof. Dr. Manuel Vazquez JR

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Criação de Tilápias em Tanques-rede Curso Criação de Tilápias em Tanques-rede

Com Prof. Dr. Augusto dos Santos

R$ 520,00 à vista ou em até 12x de R$ 43,33 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Carlos César de Jesus

2 de ago de 2013

Bom dia! Tenho muito interesse em ser um produtor de peixes, e primeiramente fazer o curso de criação de Tilápias, elaborado pela CPT e gostaria também de saber, se o governo está ainda disponibilizando ares aquícolas na região de furnas. Obrigado, fico no aguardo. César Jesus/BH.

Resposta do Portal Cursos CPT

2 de ago de 2013

Olá, Carlos César!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Nossas consultoras entrarão em contato para mais informações sobre o Cursos CPT Criação de Tilápias.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Marcos Louzado

20 de jul de 2013

Gostaria de investir na criação de tilápias, tenho área de 38.000 metros banhada por muita agua em toda a sua volta. Não tenho nenhum conhecimento a respeito.

Resposta do Portal Cursos CPT

22 de jul de 2013

Olá, Marcos!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Nossas consultoras entrarão em contato para mais informações sobre o Curso CPT Criação de Tilápias.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

ALBÉRICO RIBEIRO DA SILVA

9 de jul de 2013

gostei muito do trabalho, estou pensando em investi na criação de tilápias em tanques- rede, porem, não sei nem mesmo por onde começar. gostaria de receber mais informações. obrigado. em 09/07/2013.

Resposta do Portal Cursos CPT

9 de jul de 2013

Olá, Albérico!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

Para mais informações sobre o curso Criação de Tilápias em Tanque-rede nossas consultoras entrarão em contato.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

ANTONIO CARLOS DE CASTRO BARBOSA

4 de jun de 2013

Bom dia, estou com vontade de entrar nesta modalidade de criação de peixe. Gostaria de receber orientação sobre qual o peixe melhor pra criar, melhor de venda.

Resposta do Portal Cursos CPT

6 de jun de 2013

Olá, Antônio!

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site.

As espécies de peixes que melhor se adaptam ao cultivo em tanques-rede são as trutas, as tilápias, e os surubins.

Cultivando-se qualquer uma dessas três espécies, o piscicultor poderá obter uma produção de até 40 mil quilos de peixes por hectare de área alagada por ano, o que leva o custo de cada quilo de peixe produzido ser consideravelmente reduzido.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade