WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

Como educar filhos gêmeos

Apesar da semelhança física, eles podem ser completamente diferentes

 

 Apesar de idênticos, os gêmeos possuem personalidades diferentes. Foto: Veja/Abril.

 

Existem dois tipos de gêmeos: os idênticos e os fraternos. Os primeiros também são chamados de univitelinos ou monozigóticos e representam 29% dos casos. Eles são muito parecidos porque se originaram da divisão de um único óvulo que se dividiu em duas partes idênticas.

Já os fraternos, que representam a maioria, também são chamados de bivitelinos ou dizigóticos. No caso deles, dois óvulos diferentes foram fecundados ao mesmo tempo, podendo dar origem a dois bebês com características físicas diferentes, inclusive o sexo. Os irmãos fraternos podem ser tão parecidos ou diferentes quanto os irmãos gerados em momentos separados.

Apesar de semelhantes, os gêmeos podem ter personalidades completamente diferentes, mesmo os idênticos. O fato de terem nascido de uma única divisão celular não significa que eles compartilhem  as mesmas características psíquicas e emocionais. É claro que a ligação entre eles pode ser bem mais forte do que entre irmãos comuns, mas isso não representa uma igualdade.

Portanto, pode ser bem difícil para os pais educar filhos gêmeos se eles aparentemente são tão parecidos e internamente podem ser muito diferentes. De acordo com especialistas em educação infantil, é importante respeitar a individualidade das crianças desde muito pequenas. Os pais não devem educá-los como se fossem uma só pessoa, erro que costuma acometer até pais de filhos de idades diferentes.

Os cuidados com os filhos gêmeos devem levar em consideração as necessidades e a personalidade de cada um. Por exemplo, não se deve penalizar ambos os filhos pelas travessuras de cada um. Do mesmo modo, também não é recomendado vesti-los de forma igual, pois isso não é saudável para a formação da personalidade deles, que ocorre nos primeiros anos da infância.

Cada criança precisa ter uma vida própria. Quando criados do mesmo modo, os gêmeos podem criar uma situação de dependência um do outro, que pode gerar a impressão de personalidades idênticas. Por isso, é bem comum que os pais os coloquem para realizar as mesmas atividades. O melhor é tentar estimular um desenvolvimento individual, sem cobranças de igualdade de desempenho ou conduta. Os filhos gêmeos precisam do mesmo tratamento de filhos de idades distintas.

*Com informações dos cursos na área Educação Infantil do portal CPT – Centro de Produções Técnicas.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!