WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

Como cultivar orquídeas

Dicas de plantio, irrigação e adubação para obter a flor perfeita

As orquídeas podem ser plantadas em vasos, árvores e troncos.

Diferente do que muitos pensam, o cultivo de orquídeas não é difícil, mas trabalhoso. São muitos os cuidados e conhecimentos requeridos. Atualmente, com os avanços genéticos, as flores se tornaram mais exóticas e deslumbrantes. E é por esse alto grau de beleza que seu cultivo é altamente lucrativo.

As orquídeas podem ser plantadas em vasos, árvores e troncos. A planta deve estar com suas raízes aparadas, principalmente as traseiras. Para selecionar o tamanho do vaso, a dica é colocar a traseira da orquídea encostada na borda interna, e deixar sobrando um espaço de dois dedos da outra borda. No caso dessa flor delicada, os detalhes de cultivo são essenciais.

O professor Waldyr Endsfeldz menciona vários tratos importantes no curso Cultivo de Orquídeas, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas. “Para o plantio de orquídeas em vasos, o fundo deverá ser preenchido com cacos cerâmicos em aproximadamente 1/3. Isso vai permitir uma boa drenagem, pois essa planta não agrada de água em excesso”.

Por isso, a irrigação é um dos fatores mais importantes. O professor  Endsfeldz indica que os vasos jamais devem ficar sobre pratinhos que retêm água, porque podem encharcar as raízes e matar a planta. Outras dicas são evitar água clorada e utilizá-la sempre em temperatura ambiente, para não causar choque térmico, e nunca molhar quando as folhas estiverem quentes pela incidência solar.

As orquídeas fora do seu habitat natural também precisam de reforço alimentar fornecido pelo uso de adubos. A utilização do mesmo deve ser feita nos meses quentes, quando as plantas estão em pleno desenvolvimento vegetativo.

De acordo Endsfeldz, o período ideal é de agosto a abril. “Como o desenvolvimento de uma orquídea é lento, a quantidade de adubo a ser aplicada deve ser pequena”, diz o professor.

Por: Ariádine Morgan

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!