WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Chá verde pode reduzir o risco de câncer em mulheres

Estudo com chinesas de meia-idade mostrou que a ingestão da bebida pode ter menos chances de desenvolver a doença

 Chá verde pode evitar o desenvolvimento de câncer no sistema digestivo. Foto: reprodução.

Diversas pesquisas já comprovaram os efeitos benéficos do chá verde, como antioxidante, energético, auxílio no controle da quantidade de gorduras no sangue, entre outros. Agora, um estudo canadense, publicado no American Journal of Clinical Nutrition, afirma que a bebida pode reduzir as chances de mulheres desenvolverem câncer no sistema digestivo.

A pesquisa foi feita com 69 mil mulheres chinesas durante mais de dez anos. Os cientistas constataram que quem ingeriu o chá verde por pelo menos três vezes por semana teve 14% menos chances de desenvolver um câncer nos órgãos do sistema digestivo.

Estudos anteriores não haviam chegado a nenhuma conclusão a esse respeito, mas o coordenador da pesquisa, o médico Wei Zheng, que lidera o setor de epidemiologia na Vanderbilt University School of Medicine, em Nashville, afirmou que a grandiosidade desse estudo ajuda a comprovar a teoria.

Durante o período pesquisado, 1.255 mulheres tiveram câncer no sistema digestivo. Os pesquisadores notaram que as mulheres que ingeriam o chá com mais frequência tiveram uma menor probabilidade em desenvolver a doença. No caso das que consumiam o chá por mais de 20 anos, as chances eram reduzidas em 27%.

Como o estudo foi direcionado para a análise do consumo de chá verde, o pesquisador acredita que o consumo da bebida tenha sido muito importante para a baixa incidência da doença entre as entrevistadas. No entanto, como elas tinham hábitos de vida mais saudáveis, não se sabe até que ponto outros fatores também interferiram. Entre eles estava uma alimentação saudável, a prática de exercícios físicos e o fato de nenhuma delas fumar ou beber regularmente.

Por: Maria Clara Corsino.

Fonte: Reuters.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!