Castanha-de-cotia pode ser a mais saudável

Castanha típica da região Norte possui maiores quantidades de antioxidantes

 

A castanha-de-cotia é natural da região Norte. Foto: reprodução/Veja.

Um estudo inédito feito pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) analisou as propriedades nutricionais da castanha-de-cotia. Os pesquisadores constataram que ela pode ser conhecida como um alimento funcional, que ajuda a prevenir diversas doenças, entre elas as cardiovasculares, as neurodegenerativas e as inflamatórias.

A castanha-de-cotia ainda não é muito popular no Brasil, mas com a divulgação da pesquisa pode tornar-se a nova queridinha das dietas anti-idade. Típica da região Norte do país, ela possui as mesmas características nutricionais de outras castanhas mais conhecidas, como a noz e a castanha-do-pará. No entanto, possui maiores quantidades de vitamina E, que é antioxidante, e do ácido graxo ômega 9, bastante benéfico contra doenças do coração.

A mestre em Engenharia de Alimenots pela Unesp, Tainara Costa Singh, autora do estudo, explicou que a castanha-de-cotia só traz benefícios se consumida “in natura”. Assim, ela perde as propriedades ao ser torrada, forma de consumo mais comum na região Norte. O uso do óleo da castanha também traz benefícios, podendo ser usado em substituição a outros óleos, como o de girassol.

Porém, a pesquisadora explicou que não foi analisada a presença de substâncias tóxicas na castanha-de-cotia e nem foram verificados qualquer efeito colateral decorrente do consumo excessivo. Outras castanhas, como a do pará, por exemplo, são bastante benéficas, mas podem ser tóxicas se ingeridas em excesso.

A pesquisa foi feita com a análise das propriedades nutricionais de seis elementos diferentes: a castanha-de-cotia, a castanha-do-gargueia, a castanha-sapucaia, a castanha-do-pará, a noz pecan e a noz comum. Os resultados foram apresentados no 23º Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos (CBCTA), em Campinas, e serão publicados na Revista do Instituto Adolfo Lutz (IAL).

Por: Maria Clara Corsino.

Fonte: Revista Veja.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

CIRENE VIANNA

8 de mai de 2018

Boa Tarde! Onde posso comprar esta castanha de Cotia? Moro no Rio de Janeiro. Grata, Cirenne

Resposta do Portal Cursos CPT

9 de mai de 2018

Olá Cirene,

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. Você pode encontrá-las em lojas de produtos naturais.

Atenciosamente,

Ana Carolina dos Santos

Margarida Maria Gonçalves Amado

10 de ago de 2017

Comi uma castanha da cotieira, não demorou muito para fazer efeito. E um laxante poderoso saiu tudo que estava no meu entestino. A castanha e energética, alivia a dor de cabeça, acaba com as palpitações do coração e limpa os pulmões. Quando me sinto inchada ou com dores como uma e me sinto nova.

Resposta do Portal Cursos CPT

10 de ago de 2017

Olá, Margarida.

Agradecemos sua visita e comentário em nosso site. 

Atenciosamente,

Renato Rodrigues.

Cursos Relacionados

Curso Cozinha Árabe Curso Cozinha Árabe

Com Prof.ª Maria Halfa Chequer

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade