Arraçoamento adequado diminui a variação de tamanho entre os peixes

A oferta diária de ração deve aumentar à medida que os peixes crescem

A taxa de arraçoamento influencia diretamente no crescimento e eficiência alimentar.

A taxa de arraçoamento influencia diretamente no crescimento e eficiência alimentar.

A frequência de arraçoamento, ou seja, do número diário de alimentações necessárias para o bom desenvolvimento do peixe, varia principalmente conforme a espécie, idade, qualidade da água e temperatura da mesma. Sua taxa influencia diretamente no crescimento e eficiência alimentar. Espécies carnívoras podem ter menor frequência de arraçoamento em relação às onívoras.

No curso Nutrição e Alimentação de Peixes, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, o professor Dr. Luiz Pezzato recomenda que “o alimento artificial deve ser administrado diariamente na quantidade de 3 a 5% da biomassa, dividido em duas refeições, durante pelo menos 5 dias por semana, de preferência no mesmo local e às mesmas horas do dia”.

Quando há utilização de subprodutos na alimentação, o piscicultor deve observar a quantidade ofertada e a consumida, de modo que não haja excesso de alimento artificial no viveiro de um dia para o outro. O acúmulo de matéria orgânica traz mais desvantagens que vantagens.

“A adequada frequência de arraçoamento pode levar à menor variação no tamanho entre os peixes, o que facilita o manejo e a comercialização”, afirma, no mesmo curso, o professor Dr. Newton Castagnolli.

Normalmente, adota-se como parâmetro o conceito de biomassa, que é traduzido pelo número estimado de peixes existentes no tanque, multiplicado pelo seu peso médio. Para isso, é necessária uma avaliação periódica, a cada 30 a 45 dias. A oferta diária de ração deve aumentar à medida que os peixes crescem. Sendo assim, essa quantidade deve ser ajustada em intervalos de 7 a 14 dias.

Por: Clara Peron.

Curso CPT - Nutrição e Alimentação de Peixes

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Comentários

Francisco de Paula

25 de nov de 2018

Boa tarde, já tentei seguir essa regra : tirando a biomassa e dando a % certa mas os peixes (tambacu) são esfomeado comem muito rápido e ficam em alvoroço na beira do tanque, sigo assim ou aumento a ração? Aguardo resposta. .. obrigado

Resposta do Portal Cursos CPT

26 de nov de 2018

Olá Francisco,

Agradecemos a visita e comentário em nosso site.

Pode aumentar um pouco.

Atenciosamente,

Mariana Caliman Falqueto

Cursos Relacionados

Curso Construção de Pequenas Barragens de Terra Curso Construção de Pequenas Barragens de Terra

Com Prof. Dermeval Lopes

R$ 486,00 à vista ou em até 12x de R$ 40,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Mais Notícias sobre diversas áreas do conhecimento

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade