WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Aprenda os segredos da culinária japonesa

Com os ingredientes e as dicas certas, dá para fazer pratos japoneses em casa

 

Porção individual de sushi e sashimi acompanhada por molho shoyu. Foto: DeviantART.

Os pratos japoneses conquistaram de vez os brasileiros. Os restaurantes típicos se tornaram muito populares, oferecendo uma comida de sabor único e muito saudável. Mas, não é preciso pagar caro em um restaurante japonês para saborear a comida oriental. Os ingredientes já são facilmente encontrados e, com as dicas certas, é possível preparar as receitas em casa.

A base da maioria dos pratos japoneses é o arroz. Além dele, para fazer sushi, sashimi e maki, ainda serão necessários peixe (salmão, atum ou outro de sua preferência), gari (pasta de gengibre), pepino ralado, kani, polvo, folhas de algas desidratadas e shoyu.

O gari é o acompanhamento de todos os pratos japoneses. Aquela pastinha picante que sempre vem nas barcas, junto com o molho shoyu e com a raiz forte. Para prepará-lo, basta descascar o gengibre, picar, colocar para ferver e, depois de cozido, amassar com um garfo.

Arroz

É recomendável usar o arroz japonês, que possui mais amido e é menor do que o tradicional agulhinha. Primeiro, lave bem o arroz até a água ficar transparente. Retire a água e deixe secar. Espalhe o arroz no fundo de uma panela e acrescente água na espessura de um dedo acima da camada de arroz. Deixe ferver aberto e, só quando levantar fervura, coloque a tampa e deixe no fogo até secar. Enquanto isso, os outros ingredientes podem ser preparados.

Calda para o arroz

Ingredientes

175ml de vinagre de arroz;
½ colher de sal;
250g de açúcar refinado;
1 pedaço de combu (alga encontrada em loja de produtos orientais).

Modo de preparo

Lave a alga e coloque no vinagre. Adicione açúcar e sal. Leve ao fogo sem deixar levantar fervura. Voltando ao arroz, depois de retirá-lo do fogo, espere esfriar por 15 minutos. Em seguida, em uma vasilha plástica, misture com cuidado o molho no arroz.

Sashimi e sushi

Para cortar o peixe, use uma faca afiada do modelo europeu (tradicional) ou uma japonesa, que possui corte de um lado só. Depois de limpo, corte o peixe no sentido da fibra em tamanhos de cerca de quatro dedos de espessura e reserve para fazer o sushi. Corte também em tiras finas, que serão servidas sozinhas, que é o sashimi.

Pegue as fatias mais grossas para fazer o sushi e o arroz que já deve estar frio. Molhe a palma da mão com água, pegue um pouco de arroz e pressione na mão sem fazer força. Coloque o salmão, que deve cobrir todo o arroz. Faça o mesmo com o polvo em tiras e o kani.

Maki

O maki é o enroladinho feito com folha de alga. Para fazê-lo, você vai precisar da ajuda de uma esteirinha de bambu, também encontrada em loja de produtos orientais. Coloque a alga com o lado liso virado para a esteira e o áspero voltado para cima, onde ficará o arroz. Com a ponta dos dedos, espalhe o arroz sobre a alga.

Em seguida, coloque dois pedaços de peixe, kani ou polvo um pouco menores do que o usado para o sushi, porém maior do que o sashimi, no meio da folha, no sentido do comprimento. Enrole e corte no espaço entre os pedaços de peixe.

A versão califórnia leva ainda tiras de pepino e de manga, além do peixe. É só cortar um pedaço menor do peixe, colocar o pepino e a manga e enrolar normalmente. Depois, é só montar o prato, que pode tanto ser uma barca ou uma bandeja grande para servir várias pessoas quanto pratos individuais.

Na barca, agrupe os rolinhos, disponha potinhos de gari, shoyu e porções de hashi. No prato, coloque apenas um ou dois rolinhos de cada tipo e um pouco de hashi no canto. O shoyu pode vir em potinhos individuais ou em um maior para todos.

Dicas: o hashi acompanha apenas o sashimi. Ele é feito com raiz forte, que é encontrada em pó, em lojas especializadas. É só misturar água na quantidade recomendada na embalagem.

Ao usar o shoyu, molhe apenas uma das pontas. Não mergulhe a peça no shoyu, pois corre o risco de desmanchar.

O gari serve para limpar o paladar entre um prato e outro, o que permite sentir melhor o sabor dos alimentos.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!