WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Conheça nossos Cursos Profissionalizantes (combos) com 40% de DESCONTO

Agricultura de precisão auxilia produtores do RS

Técnica é aplicada em quase 160 mil hectares do estado

 

 O uso de tecnologias e o estudo das condições de produção, fazem da agricultura de precisão um sistema altamente produtivo e rentável.

Em todo o estado do Rio Grande do Sul, produtores rurais de 90 municípios resolveram aplicar as técnicas da agricultura de precisão para melhorar as lavouras. As cooperativas também têm aderido a ela para facilitar o acesso de pequenos e médios agricultores. Hoje, aproximadamente 20 cooperativas aplicam a agricultura de precisão no gerenciamento da produção agrícola.

O agrônomo Luiz Balastreire, professor do curso Agricultura de Precisão, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, explica que ela consiste na utilização de tecnologias para conciliar a eficiência no uso de ferramentas e insumos com uma melhor utilização dos recursos naturais. Assim, aproveita-se da geoestatística, da automação agrícola e dos conhecimentos sobre o clima e o solo da região.

O professor destaca que esse sistema consegue alcançar produtividade e rentabilidade extremas, uma vez que aproveita ao máximo a capacidade produtiva da lavoura. No entanto, pela complexidade técnica, costuma ser usada em larga escala, por grandes produtores.

Essa novidade no RS é viabilizada pela gestão exercida pelas cooperativas, cujos cooperados passaram a compartilhar as informações e os meios para o uso do sistema. Isto é possível também por causa da ajuda do governo, de empresas privadas e projetos paralelos, como o Aquarius, uma parceria entre a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), a Cooperativa Cotrijal, a prefeitura de Não-Me-Toque, no RS, e algumas empresas. Por sinal, essa cidade é considerada um polo nacional da agricultura de precisão. Ela sediará a feira Expodireto Cotrijal, uma das principais na área.

A Coordenação de Acompanhamento e Promoção da Tecnologia Agropecuária (CAPTA), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) escolheu a agricultura de precisão como uma das ferramentas para o desenvolvimento agrícola. O objetivo, segundo a própria entidade, é promover a sustentabilidade e tornar o agronegócio competitivo em favor da própria sociedade.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!