WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Acordo prevê ampliação da produção de biodiesel em MG

Petrobras e governo querem fortalecer a agricultura familiar e aumentar as compras do estado

 

 Usina de Biodiesel de Montes Claros. Foto: Agência Petrobras de Notícias.

Atualmente, Minas Gerais é o segundo maior consumidor de biodiesel do país. Para atender a essa demanda, acaba importando de outros estados. Como medida para reduzir as importações, o governo do estado e a Petrobras Biocombustível assinaram um protocolo que prevê investimentos de R$28 milhões para aumentar em 40% a produção da Usina de Biodiesel de Montes Claros.

A usina produz 108,6 milhões de litros de biodiesel por ano e passará a produzir 152 milhões de litros por ano. O governo do estado assumiu no acordo responsabilidade de incentivar a produção e a aquisição de matéria-prima e insumos para a indústria de biocombustível. Para isso, devem ser criados mais 27 empregos só na usina, que hoje possui 167 trabalhadores.

Outro objetivo do acordo, segundo a Petrobras, é aumentar a participação da agricultura familiar no fornecimento de matéria-prima na cadeia do biodiesel. Eles fornecem soja, girassol e mamona. Assim, a empresa quer ampliar de 3,2 mil para 4,5 mil pequenos agricultores até 2014.

A Usina de Biodiesel de Montes Claros faz parte do parque produtor de biodiesel da Petrobras Biocombustível. Além dela, a empresa ainda opera as unidades de Candeias (BA) e Quixadá (CE), e  outras duas em parceria em Marialva (PR) e Passo Fundo (RS).

O engenheiro químico Paulo Anselmo Suarez, professor da Universidade de Brasília (UnB) e do curso Produção de Biodiesel, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, afirma que a ampliação da produção de biocombustíveis é muito importante para o Brasil. Já que, além de garantir o fornecimento de energia renovável, projeta o país como pioneiro no desenvolvimento deste tipo de matriz energética.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!