WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

A luta contra o bullying nas escolas fará parte da LDB

Devido ao alto índice de agressões nas escolas brasileiras, o Senado aprovou o projeto de lei sobre o bullying e, assim que entrar em vigor, fará parte da LDB

Bulling

 

No Brasil, o bullying nas escolas vem aumentando cada vez mais, fazendo com que muitos alunos percam o rendimento nos estudos, além da angústia e do sofrimento resultantes das agressões.

Pesquisas recentes comprovaram que as intimidações ocorrem principalmente com estudantes do 5° e do 6° ano. As cidades onde há maior incidência de casos de bullying são Belo Horizonte, Curitiba e Brasília. Mas isso não exclui outras cidades brasileiras.

A verdade é que quem pratica as agressões não respeita a dignidade humana, fere a Constituição Federal e o Código Civil. Ou seja, o bullying é uma atitude legalmente proibida e pode gerar penalidades a quem o pratica.

Devido ao alto índice de agressões nas escolas brasileiras, a Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou o projeto de lei sobre o bullying, visando à prevenção e ao combate dessa prática tão desumana.

Assim que for aprovada pela Câmara, essa determinação fará parte da LDB - Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Segundo o Senador Gim Argello, tal prática nas escolas deve ser repudiada por toda a sociedade e pelo governo. Afinal, o bullying afeta diretamente o desenvolvimento dos alunos na idade escolar.

Por Andréa Oliveira.

Fontes: O Progresso e Brasil Escola.

Faça já o Download Grátis
Faça já o Download Grátis LDB Completa e Atualizada

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!