WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Black Friday 30%OFF nos cursos online 15% OFF nos cursos em livro+DVD + 5% OFF extra no cartão de crédito

3 razões para consumir alimentos orgânicos

Incluir alimentos orgânicos na dieta é bom para o organismo, o ambiente e o paladar

 

 Os alimentos orgânicos são mais saudáveis e não agridem a natureza. Foto: Deviantart.

Os alimentos orgânicos estão cada vez mais populares nas prateleiras dos supermercados. Se antes era comum encontrar apenas algumas hortaliças, agora estão disponíveis uma infinidade de produtos industrializados que utilizam matéria-prima e sistema de produção sustentáveis. O setor de orgânicos cresce cerca de 30% ao ano no Brasil.

Apesar do crescimento da produção de orgânicos, o preço deles ainda está um pouco mais alto do que os produtos tradicionais, isso porque a produção é menor devido à falta de estímulos à demanda. Mas, eles trazem tantos benefícios que não faltam motivos para introduzi-los na dieta. Nesse caso, vale a pena gastar um pouco mais. Veja as principais razões para consumir produtos orgânicos.

Bons para a saúde: essa é a razão primordial para o consumo de orgânicos, que inclusive motivou o cultivo. Eles são livres de insumos agrícolas, como pesticidas e fertilizantes. Nas culturas tradicionais, é muito comum encontrar concentrações elevadas desses produtos, os quais trazem prejuízos à saúde mesmo em pequenas quantidades. Eles afetam os sistemas neurológico, digestivo e reprodutor, contribuindo para o surgimento de tumores e outras doenças.

Muitos agrotóxicos são proibidos no Brasil, mas ainda assim continuam sendo fabricados e comercializados clandestinamente. Mesmo aqueles que possuem autorização legal, se forem usados de maneira incorreta, podem causar sérios problemas à saúde e ao ambiente. Além disso, uma pesquisa publicada pelo The Organic Center, nos Estados Unidos, mostrou que os alimentos orgânicos possuem uma concentração maior de algumas vitaminas e sais minerais.

Preservam o ambiente: pesticidas e fertilizantes contaminam os solos e os lençóis freáticos, além de aumentarem o consumo de petróleo (a maioria deles são derivados de petróleo), contribuindo com a poluição do planeta. Também empobrecem o solo, matando os micro-organismo que naturalmente o fertilizam. Assim, são aplicados ainda mais fertilizantes químicos para manter a produtividade, o que vicia o solo e a produção.

O cultivo orgânico usa fertilizantes e repelentes naturais, que não agridem a natureza e não prejudicam o organismo humano e de outros animais. O uso de fertilizantes naturais reduz a emissão de carbono na atmosfera, ao contrário dos fertilizantes feitos à base de petróleo, que aumentam a quantidade de CO e CO2 lançados no ar.

Possuem mais sabor: ainda não foi comprovado pela ciência, mas muitas pessoas afirmam que os alimentos orgânicos são mais saborosos. Provavelmente, no caso dos vegetais, isto se deve ao fato de chegarem mais frescos ao consumidor, uma vez que são comercializados em escala local. Assim, é bom aproveitar a época da fruta para consumi-la mais fresca e com melhor qualidade.

Por: Maria Clara Corsino.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!