WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Sniper Americano (2014)

Indicado ao Oscar, o longa gera debate entre políticos e artistas. Para alguns, a história é a de um herói. Para outros, a glorificação da violência americana no Iraque

Sniper Americano

Foto: Reprodução.

Adaptado do livro American Sniper: The Autobiography of the Most Lethal Sniper in U.S. Militar History, o filme conta a história real de Chris Kyle (Bradley Cooper), atirador de elite das forças especiais da marinha americana. Durante cerca de dez anos ele matou mais de 160 pessoas, tendo recebido diversas condecorações por sua atuação na Guerra do Iraque.

Sniper Americano conta essa história de habilidade e bravura, mas também mede o peso da responsabilidade de ser um herói. O filme roteirizado por Jason Hall, baseado no livro escrito pelo próprio Kyle ao lado de Scott McEwen e Jim DeFelice, coloca na balança a vida pessoal do atirador. Contrasta o “Velho Oeste do Oriente Médio”, como descreve um dos soldados, com a sua família nos EUA.

Clint Eastwood, que assumiu a direção depois que Steven Spielberg deixou a produção por conta do orçamento limitado, constrói o filme como um estudo psicológico do personagem-título. Desfaz o mito para entender não o guerreiro, mas o homem disposto a sacrificar tudo pelo seu país. Troca a grandiloquência da guerra pelas observações intimistas. Ao mesmo tempo, não abandona os elementos de entretenimento, contornando as possíveis restrições orçamentárias ao reproduzir a estrutura de um western no contexto do Iraque, com o encontro de dois atiradores rivais no deserto e os dilemas entre o mocinho e a família.

Bradley Cooper, que também produz o filme, atesta em cada cena seu comprometimento com a história. O ator mudou seu corpo (ganhou peso e músculos), aprimorou o sotaque texano, ganhou intimidade com rifles e estudou cada trejeito de Kyle. Ainda assim, não escancara o esforço. Sua atuação é natural, contida e explosiva nos momentos certos, retratando perfeitamente um homem que carregava consigo o peso do campo de batalha, mas era incapaz de dividir essas dores com a esposa.


Produção: 2014.

Lançamento: Fevereiro/15.

Gênero: Biografia, Guerra, Drama.

Nacionalidade: EUA.

Direção: Clint Eastwood.

Produção: Bradley Cooper, Clint Eastwood, Peter Morgan, Andrew Lazar, Robert Lorenz, Jason Dean Hall.

Roteiro: Jason Dean Hall.

Elenco: Bradley Cooper, Sienna Miller, Luke Grimes, Jake McDorman, Cory Hardrict, Navid Negahban, Keir O'Donnell e Kyle Gallner.

Fontes: Adoro Cinema, Omelete, Carta Capital, Veja, Cine Pipoca Cult.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!