WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Fale com uma Especialista
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

O Quarto de Jack (2016)

O filme nos passa a lição que os Monstros são grandes demais para existir, principalmente quanto temos pessoas que nos amam perto da gente

Filme o Quarto de Jack

 

Um sonho sonhado sozinho é um sonho. Um sonho sonhado junto é realidade. Baseado na obra de Emma Donoghue, um dos filmes mais emocionantes das temporadas de premiações importantes do cinema mundial é sem dúvida esse "O Quarto de Jack". Dirigido pelo cineasta irlândes Lenny Abrahamson, do interessante "Frank", é uma aula de como o amor familiar pode vencer as barreiras mais difícies que a vida coloca em nossa direção. Com uma atuação esplêndida da dupla Brie Larson e Jacob Tremblay - Room (no original) é um dos filmes que mais surpreendeu entre as indicações ao Oscar 2016.

Joy (Brie Larson) e seu filho Jack (Jacob Tremblay) vivem isolados em um quarto. O único contato que ambos têm com o mundo exterior é a visita periódica do Velho Nick (Sean Bridgers), que os mantém em cativeiro. Joy faz o possível para tornar suportável a vida no local, mas não vê a hora de deixá-lo. Para tanto, elabora um plano em que, com a ajuda do filho, poderá enganar Nick e retornar à realidade.

O Quarto de Jack é um pequeno belo filme, mas esbarra na necessidade contemporânea de preencher vazios emocionais com histórias tristes sem se comprometer. É como se tudo se resumisse a uma manchete, consumida rapidamente na busca de um pouco de humanidade em um dia corrido: “Nascido em cativeiro, menino de cinco anos descobre o mundo pela primeira vez”. A reportagem é lida, as lágrimas escorrem, a aba do navegador se fecha e a vida segue.


Lançamento: Fev/2016.

Gênero: Drama, Suspense.

Nacionalidade: Canadá, Irlanda.

Direção: Lenny Abrahamson.

Produção: David Gross, Ed Guiney, Andrew Lowe, Tessa Ross, Hartley Gorenstein.

Elenco: Brie Larson, Jacob Tremblay, Joan Allen, William H. Macy, Sean Bridgers, Amanda Brugel, Cas Anvar, Joe Pingue.

Fontes: Cinepop, Omelete, Adoro Cinema.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!