WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Semana do Campo CPT!

Pastagens para ovinos

As pastagens constituem a base natural da alimentação dos animais ruminantes, sendo considerada a forma de alimentação de menor custo.

Patagem para ovinos - Grande parte da forragem deve ser colhida pelo próprio animal.

Grande parte da forragem deve ser colhida pelo próprio animal.

O gado ovino pode utilizar diferentes classes de pastagens, tais como as naturais, as artificiais ou as cultivadas.

Dentre essas classes existem outros tipos de pastos como: permanentes, anuais, temporais, de emergência, suplementares (capineiras), entre outras.

As pastagens naturais são uma opção que necessita ser explorada, porém, com maior eficiência, principalmente por meio de uma melhoria nas condições de fertilidade e com introdução de espécies forrageiras mais produtivas, que permitam elevar a capacidade de suporte das mesmas.

Por sua vez, as pastagens artificiais têm um valor notável no desenvolvimento dos ovinos, principalmente no inverno, quando se verifica a importância dessas pastagens, pois economicamente, se comprova que o seu custo é bem menor que o de qualquer plantio destinado a suprir a carência de pastos de inverno. A pastagem artificial pode ser, assim, a principal fonte de alimentos durante a estação invernosa, diminuindo muito o fornecimento de fenos e tubérculos, entre outros.

Uma boa pastagem artificial deve ser composta por diversas espécies forrageiras, ou seja, uma pastagem mista, formada de leguminosas e gramíneas, e cuja consorciação tem as seguintes vantagens:

- em comparação com as pastagens só de gramíneas, fornecem alimentação mas variada e nutritiva durante um período mais longo do ano; e

- em confronto com leguminosas, oferecem menor perigo de meteorismo nos ovinos.

Uma ótima pastagem seria, por exemplo, a consorciação do azevém, conichão e trevo-branco, indicada para a região temperada / fria-inverno.

Para conseguir uma alta produção enconômica de pastagens, deve-se buscar as seguintes condições principais:

- produção de forragem de alta qualidade. Essa qualidade deve involucrar (envolver) um elevado valor nutritivo da forragem, mesmo junto a um alto consumo por parte dos animais;

- produção de forrageira coincidindo, no possível, com variações estacionais ou periódicas das diferentes necessidades alimentares dos animais;

- grande proporção de forragem deve ser colhida pelo próprio animal; e

- a eficiência de conversão dentro do animal deve ser de alto nível, ou seja, devemos dispor de animais de boa qualidade genética.

Quando o clima da localidade permitir manter os animais nas pastagens durante todo o ano, é importante obter uma superposição ou concordância o mais próximo possível da curva de crescimento das pastagens, com as necessidades alimentares dos animais. Para isso, poderão ser realizadas diversas práticas como:

- o uso apropriado de adubos;

- semeadura de mesclas forrageiras de produção balanceada;

- manejo conveniente do gado e das pastagens; e

- disponibilidade de pastagens temporárias de emergência.

Aprimore seus conhecimentos. Conheça os Cursos CPT na área Criação de Ovinos

 

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!