Irrigação localizada: gotejadores e microaspersores

Na irrigação localizada são utilizados, basicamente, dois tipos de emissores: gotejadores e microaspersores, possibilitando manter um ótimo nível de umidade no solo sem gastar muita água

Irrigação localizada: gotejadores e microaspersores   Dicas Cursos CPT

 

Na irrigação localizada, são utilizados, basicamente, dois tipos de emissores: gotejadores e microaspersores. Os gotejadores aplicam a água em pontos no terreno, enquanto que os microaspersores distribuem a água sobre uma pequena área circular ou setorial, onde se encontram instaladas as plantas. No gotejamento, as vazões são baixas, geralmente, inferiores a 20 L/h, em cada ponto de emissão. Já, na microaspersão, são utilizadas vazões maiores, podendo chegar até 200 L/h, por emissor.

“Em relação à pressão de serviço, podemos dizer que gotejadores operam com pressões que vão até 10 mca (metrode coluna de água), enquanto os microaspersoresutilizam pressões maiores, normalmente de 10 mca a 20 mca”, afirma Carlos Henrique Ramalho Ferenc, professor do Curso a Distância CPT, em Livro+DVD e Curso Online, Projeto de Irrigação Localizada.

Apesar de os gotejadores possuírem orifícios de saída de água menores que os dos microaspersores (0,12 mm2 para os gotejadores e 0,78 mm2 para os microaspersores), nos dois casos, os sistemas de irrigação precisam ser equipados com elementos especiais para reter eventuais impurezas da água que poderiam causar entupimentos. Esses elementos são os filtros que devem fazer parte do cabeçal de controle dos sistemas de irrigação localizada.

De modo geral, podemos dizer que os sistemas de irrigação localizada apresentam as seguintes vantagens:


- Maior eficiência no uso da água;
- Maior produtividade: como a irrigação é feita em pequenos intervalos de tempo, há maior uniformidade da umidade do solo e, com isso, maior desenvolvimento da cultura;
- Maior eficiência de adubação;
- Maior eficiência de controle fitossanitário;
- Não interfere nos tratos culturais;
- Pode ser adotado para qualquer tipo de solo e qualquer topografia;
- Pode ser usado com água salina ou em solos salinos; e,
- Maior economia de mão de obra.

Mas existem também algumas limitações para o uso desses sistemas, tais como:


- Possibilidade de entupimento dos emissores; e
- Possibilidade de a distribuição do sistema radicular da planta ser mais concentrada.

Assim, pelo método de irrigação localizada, torna-se possível manter um ótimo nível de umidade no solo sem, no entanto, gastar muita água.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Irrigação.
Por Silvana Teixeira.

 

Cursos Relacionados

Curso Irrigação em Pequenas e Médias Propriedades Curso Irrigação em Pequenas e Médias Propriedades

Com Prof. Dr. Márcio Mota e Prof. Dr. Rubens de Oliveira

R$ 398,00 à vista ou em até 12x de R$ 33,17 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Manejo de Irrigação - Quando e Quanto Irrigar Curso Manejo de Irrigação - Quando e Quanto Irrigar

Com Prof. Dr. Márcio Mota e Prof. Dr. Rubens de Oliveira

R$ 426,00 à vista ou em até 12x de R$ 35,50 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais
Curso Projeto de Irrigação Localizada Curso Projeto de Irrigação Localizada

Com Prof.ª Dr.ª Francisca Zenaide, Prof. Carlos Henrique e Prof. Dermeval Lopes

R$ 586,00 à vista ou em até 12x de R$ 48,83 sem juros no cartão

Frete Grátis 2 ou mais Cursos
Saiba mais

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Mais Dicas Cursos CPT

Últimos

Mais Lidos

Atendimento Online
Quer Facilidade