WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
Como podemos te ajudar?
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Idosos com sonda vesical: como cuidar

A sonda vesical de demora (ou sonda de Folley) é utilizada quando a pessoa não é capaz de urinar espontaneamente ou de controlar a saída da urina

Idosos com sonda vesical: como cuidar   Dicas Cursos CPT

 

A sonda vesical de demora (ou sonda de Folley) é utilizada quando a pessoa não é capaz de urinar espontaneamente ou de controlar a saída da urina. Essa sonda possui um pequeno balão interno que depois de cheio prende a sonda dentro da bexiga. “A parte externa da sonda deve ficar presa na coxa da pessoa, de forma a mantê-la no lugar, permitindo a movimentação”, afirma Renan Sallazar, professor responsável pelo Curso a Distância CPT Capacitação de Cuidador de Idosos, em Livro+DVD e Curso Online. Para fixá-la e evitar ferir a pele ou as alergias, é melhor utilizar esparadrapo antialérgico, mudando constantemente o local de fixação. Fora do corpo, a sonda liga-se a uma bolsa que armazena a urina e pode ser fixada na lateral da cama, na cadeira de rodas ou na perna da pessoa. Esse tipo de sonda só pode ser colocado e retirado pela equipe de saúde.

A sonda de demora faz com que a pessoa urine continuamente e, como essa sonda fica por um tempo dentro da bexiga, é preciso cuidados para se prevenir infecções, sangramentos e feridas. São eles:


- Lave as mãos antes de manusear a sonda;
- Limpe a pele ao redor da sonda com água e sabão pelo menos duas vezes ao dia, para evitar o acúmulo de secreção;
- Lave a bolsa ou frasco coletor de urina uma vez ao dia, com água e sabão e enxágue com água clorada;
- Mantenha o frasco ou bolsa coletora abaixo do nível da cama ou do assento da cadeira, e não deixe que ela fique muito cheia. Esses cuidados são necessários para evitar que a urina retorne do frasco para dentro da bexiga;
- Tome cuidado para não puxar a sonda, pois isso pode causar ferimentos na uretra;
- A sonda tem de ficar livre para que a urina saia continuamente da bexiga, por isso, cuide para que a perna da pessoa ou outro objeto não a comprima.

Se durante algum tempo não houver urina na bolsa coletora, verifique se a sonda está dobrada, obstruída ou pressionada pela perna da pessoa. Caso o idoso não urine num espaço de 4 horas, mesmo ingerindo líquido, procure falar urgentemente com a equipe de saúde. Uma pessoa produz e elimina, em média, 1.200 a 1.500 mL de urina em 24 horas. Essa quantidade é modificada pela ingestão de líquido, suor, temperatura externa, vômitos ou diarreia. Nunca é demais lembrar que a sonda de demora só pode ser colocada e retirada pela equipe de saúde.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 
Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Treinamento Profissional.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!