WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Ligue Agora (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Dicas simples para branqueamento de vegetais

O branqueamento preserva a cor e os nutrientes dos vegetais como se estivessem frescos

Dicas simples para branqueamento de vegetais

O branqueamento preserva a cor e os nutrientes dos vegetais como se estivessem frescos. Trata-se de uma técnica culinária, que mantém a crocância dos vegetais, diferentemente da cocção. Bastante utilizado no congelamento de legumes, o método é amplamente adotado na gastronomia. Entretanto, antes de branquear os vegetais, eles devem ser devidamente higienizados e podem ser cortados em formas e tamanhos variados.

Por que branquear vegetais?


Com o branqueamento dos vegetais, eles podem ser armazenados, por até 3 meses, contanto que congelados. Em síntese, branquear significa ferver rapidamente os vegetais e mergulhá-los em água super gelada. O procedimento interrompe a cocção dos alimentos, além de manter a vivacidade da cor e uma textura incrível. O consumo dos legumes branqueados pode ser imediato, ou posterior, utilizados em saladas, sopas e molhos.

Como proceder ao branqueamento?


Assim que a água ferver, submerja os legumes (cuidado com a quantia) por poucos minutos. Retire-os da água fervente, reduza a temperatura na água corrente e os transfira imediatamente para um bowl com água gelada (várias pedras de gelo). Deve-se ter agilidade e organização para que o branqueamento alcance ótimos resultados. Por isso, antes de iniciar a técnica, deixe tudo preparado.

Qual o tempo ideal para ferver os vegetais?


Dependendo do legume, é importante seguir um tempo de fervura específico. No branqueamento de espinafre, pimentão e vagem, nabo, é necessário somente um minuto. Já no de abóbora, abobrinha, batata doce e berinjela, são necessários 2 minutos. Brócolis, couve-flor e salsão requerem 3 minutos. Por fim, são recomendados quatro minutos para branquear cenoura e couve-de-bruxelas.

Como congelar vegetais branqueados?


Antes do congelamento dos vegetais branqueados, distribua-os em um refratário. Coloque a forma com os legumes, no congelador, até que fiquem bem firmes. O próximo passo é acondicioná-los em sacos plásticos ou potes hermeticamente fechados. Ao seguir todas as etapas, criteriosamente, os vegetais não grudarão uns nos outros, o que facilita a retirada da quantidade necessária.

Quais as vantagens do branqueamento?


O branqueamento torna inativas as enzimas, que tornam os vegetais escuros. Sem falar que conserva o aroma, o sabor e a cor dos legumes tais quais estivessem frescos. Além disso, ao branquear os alimentos frescos, é possível prepará-los para o congelamento correto, sem comprometer suas particularidades. Por fim, a técnica evita o desperdício de alimentos e garante vegetais até mesmo fora da estação.

Conheça o Curso CPT Processamento Mínimo de Frutos e Hortaliças.

Leia o artigo "Tipos de cortes em legumes."

Fontes: blog.tudogostoso.com.br; cozinhandopara2ou1.com.br

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!