WhatsApp SAC (31) 98799-0134 WhatsApp Vendas (31) 99294-0024 Ligamos para Você Central de Vendas (31) 3899-7000
0

Seu carrinho está vazio

Clique aqui para ver mais cursos.

Torne realidade o sonho de viver do que você ama! 20% OFF nos cursos online + 5% OFF pagando no cartão

Dicas para higienizar vegetais corretamente

Verduras, legumes e frutas devem ser higienizados, pois apresentam microrganismos nocivos à saúde humana

Dicas para higienizar vegetais corretamente

Os vegetais consumidos diariamente (verduras, legumes e frutas) apresentam microrganismos e produtos químicos nocivos à saúde humana. Coliformes fecais e agrotóxicos são bons exemplos, pois podem causar infecções e intoxicações, além de outros males. Por isso, “torna-se indispensável higienizar todos os vegetais, de forma correta, independentemente do grupo ao qual pertencem”, ressalta Claudia Lúcia de Oliveira Pinto, microbióloga e professora do Curso CPT Higienização na Indústria de Alimentos.

De acordo com a ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a lavagem de frutas, verduras e legumes, em água corrente, não elimina os agrotóxicos sistêmicos e de contato, pois ambos já foram absorvidos pela planta. Consequentemente, eles são ingeridos pelo consumidor. Ainda assim, é imprescindível proceder à higienização dos vegetais para que eles estejam adequados ao consumo.

Quando os alimentos crus são consumidos sem lavagem e higienização apropriadas, os microrganismos e agrotóxicos podem gerar risco à saúde do indivíduo. Além de cólicas intestinais, diarreia, vômito, febre e mal estar, problemas mais sérios podem acometer seriamente a pessoa. Até mesmo frutas, como abacaxi, limão e melancia, devem ser higienizados antes de descascados, espremidos ou cortados.

Para higienizar os vegetais corretamente, siga as dicas abaixo:


1. Antes de lavar os legumes, as frutas e as verduras, devem ser eliminados os amassados e as partes deterioradas (se houver). Em seguida, para retirar o excesso de terra e demais sujidades, esses vegetais devem ser submetidos à lavagem, com escovinha macia, para não danificar os alimentos;

2. Verduras, como alface, couve, rúcula, agrião, acelga e mostarda, devem ser lavadas individualmente. Quanto às folhagens mais delicadas, o uso da escova não é recomendado (o mesmo vale para frutas frágeis, como uva e morango). Nesse caso, eles devem ser lavados, em água corrente, com delicadeza;

3. Após a lavagem prévia, os vegetais devem ser submersos em água sanitária (a 2,5%) dissolvida em um litro de água. Nessa etapa, é importante aguardar 30 minutos para que os microrganismos e demais resíduos sejam eliminados. O próximo passo é submeter os vegetais ao enxágue em água abundante;

4. Em seguida, os vegetais que serão consumidos com casca (maçã, pera, uva, morango, acerola e pitanga) e as verduras (como alface, agrião e mostarda) devem ser submersos em um litro de água com uma colher (sopa) de bicarbonato de sódio. Nessa etapa, é essencial aguardar 20 minutos até que os alimentos estejam livres de quaisquer elementos nocivos.

Quer saber mais sobre o curso? Dê play no vídeo abaixo:

Conheça os Cursos CPT da Área Pequenas Indústrias.

Leia o artigo "Como armazenar frutas, verduras, legumes e temperos verdes."

Fontes: tuasaude.com; familia.com.br

Por Andréa Oliveira.

Deixe seu comentário

Avise-me, por e-mail, a respeito de novos comentários sobre esta matéria.

O CPT garante a você 100% de segurança e
confidencialidade em seus dados pessoais e e-mail.
Seu comentário foi enviado com sucesso!

Informamos que a resposta será publicada o mais breve possível, assim que passar pela moderação.

Obrigado pela sua participação.

Últimos Artigos

Artigos Mais Lidos

Fique por dentro das novidades!